APÓS FESTA

Limpeza da orla de Santos recolhe o triplo de lixo após a Virada

Número é três vezes o total recolhido no ano passado; ação durou 5 horas e contou com quase 500 trabalhadores

Da Reportagem

Publicado em 01/01/2023 às 12:51

Atualizado em 01/01/2023 às 12:56

Comentar:

Compartilhe:

Marcelo Martins/Divulgação

Já tradicional em Santos no primeiro dia do ano, a megaoperação de limpeza das praias recolheu 60 toneladas de lixo entre as 3h e 8h30 deste domingo (1°). O número é três vezes o total recolhido no ano passado, cerca de 20t. 

A crescente ocorre devido à queima de fogos, retomada na Cidade após dois anos de suspensão em razão da pandemia da Covid-19. O volume, porém, foi menor do que o recolhido após a última queima de fogos, em 2019, quando foram retiradas 104 toneladas de materiais.
 
Em mais de 5h de trabalho, a ação envolveu 496 trabalhadores, dois tratores, duas pás carregadeiras, 13 caminhões truck, duas retroescavadeiras, sete caminhões coletores, dois ônibus, dois caminhões toco, além de outros oito veículos. A equipe percorreu os 7 km de orla, incluindo faixa de areia, jardins, avenidas e ruas, desde o limite com São Vicente até a Ponta da Praia.

A megaoperação ainda contou com o apoio das câmeras de monitoramento do Centro de Controle Operacional (CCO), da Guarda Civil Municipal (GCM) e da CET-Santos, que auxiliaram na orientação e localização dos pontos com maior acúmulo de resíduos, tornando a ação mais rápida e efetiva.

Limpeza aprovada

A santista Nathália Vieira de Farias, de 20 anos, já esteve presente em outros réveillons da Cidade e afirma que a passagem da equipe, já conhecida pelos moradores, contribui para a conscientização do público. "O bom deles passarem às 3h, quando ainda tem gente na praia, é que quem está na orla vê e, muitas vezes, já faz a sua parte, recolhendo o próprio lixo".

Morando em Santos há quatro meses, a corretora carioca Alice Buschmann, 50, e o filho Michel, 22, se surpreenderam com a organização da Cidade. "Hoje as pessoas pecaram na questão da limpeza, pois cada um deveria levar o seu lixo, mas a Prefeitura, em compensação, realizou esse serviço excelentemente", comentou Alice.

"Esse período para a limpeza é bom porque as pessoas de Santos, que vêm de manhã caminhar ou pegar sol, encontram a praia limpa e não precisam se incomodar com o lixo deixado pela festa, que grande parte é gerado por pessoas de fora", completou Michel.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Praia Grande

Haja Paciência! Saída de Praia Grande tem 5 km de lentidão; veja trechos

O epicentro do problema acontece na Avenida Ayrton Senna

Cotidiano

Sistema Anchieta-Imigrantes tem 5km de lentidão; veja os trechos

Informação foi divulgada pela Ecovias

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter