Jogo quer ajudar cotidiano de jovens da Baixada Santista

Equilibrium almeja ajudar jovens a lidar com dificuldades do cotidiano enquanto desperta conhecimento por meio de oportunidades

Comentar
Compartilhar
07 MAR 2021Por LG Rodrigues08h20
Equilibrium almeja ajudar jovens a lidar com dificuldades do cotidiano enquanto desperta conhecimento por meio de oportunidades Equilibrium almeja ajudar jovens a lidar com dificuldades do cotidiano enquanto desperta conhecimento por meio de oportunidades Foto: NAIR BUENO/DIÁRIO DO LITORAL

Uma parceria entre o Rotary Club Ponta da Praia de Santos e o GrupoFreela.com deu origem a um projeto bastante interessante e que deve trazer muita nostalgia às gerações X e Y: Um jogo de tabuleiro. Batizado de 'Equilibrium', o boardgame foi inspirado em diversos outros jogos do gênero e almeja despertar conhecimento por meio de novas oportunidades ao mesmo tempo em que quer ajudar crianças e adolescentes a encontrar caminhos alternativos para a vida que planejam.

A ideia dos criadores e organizadores é levar 'Equilibrium' às salas de aula e também para núcleos de atendimento de diversas entidades sociais, filantrópicas e de acolhimento de todo o município de Santos. Com influências de 'War', 'Yu-Gi-Oh', 'Pokémon Trading Card Game', 'Monopoly' (Banco Imobiliário), 'Escadas e Serpentes' e outras criações famosas dos últimos anos, o jogo tenta reunir todos os pontos mais fortes de seus antecessores e um só pacote.

"Já fui o pior aluno da escola. Bom, ao menos era amigo dele. Entendi que nem sempre a culpa é do aluno, assim como não é responsabilidade da mensagem, mas, às vezes, do próprio mensageiro. Em alguns casos, demoramos muito para aprender, ou sermos ensinados de uma forma que podemos compreender. Nossa esperança é poder mostrar o que se pode esperar da vida, sem deixar de dar o gostinho de você poder vivê-la da sua maneira, sentindo todos as dores e prazeres que ela envolve", afirma Bruno Palma, que é fundador, gerente de pessoas e de planejamento do GrupoFreela.com.

Sabendo que informação e educação são os primeiros passos de muitos outros que virão no decorrer da vida e, que são poucos os caminhos totalmente certos ou totalmente errados, toda a jogabilidade do projeto foi criada com foco nas possíveis escolhas e sugestões de destinos que poderão ser trilhados pelos usuários e oferece direções infinitas a serem percorridas, já que, assim como durante a vida, o caminho e a estratégia são livres, desde que as pessoas se municiem com as armas corretas.

"A interação, o contato e as trocas de vivências possibilitarão ao assistido, ora jogador, alcance, mesmo que em primeiro momento de forma fictícia, de suas conquistas. Celebrar inícios, agregar valores, trilhar horizontes. Consideramos parte indispensável para formação e desenvolvimento pessoal e profissional de cada cidadão", explica Verônica Villanil, auditora líder de Sistema de Gestão da Qualidade e Responsabilidade Social.

Equilibrium é composto por, obviamente, um tabuleiro além de deck de cartas, dados e pinos representando cada um dos jogadores. Cada carta, que pode ser encontrada nos diferentes pontos do jogo, representa uma atividade ou conquista da vida real, em que os jogadores buscarão o equilíbrio entre elas para atingir cada objetivo disponível, que vão desde abrir a própria empresa até fundar uma ONG.

Meditar, fazer um trabalho voluntário, conseguir o primeiro emprego e até a graduação são exemplos de atividades que estão disponíveis como combinações possíveis de serem feitas em busca do objetivo proposto. Entre trocas, estratégias e networking, o aluno passa por diversos caminhos e consequências de suas escolhas, que influenciam ou não na conquista e vitória no jogo da vida real.

"Como presidente em exercício do Rotary Club Ponta da Praia de Santos, é uma enorme satisfação ver nosso projeto criando vida e sendo gerenciado por jovens profissionais voluntários e membros de nosso club, principalmente por ser algo tão alinhado com os valores e ensinamentos que a entidade busca dividir e alcançar com a sociedade", afirma Vera Baldo, Presidente do Rotary Club Ponta da Praia de Santos 2019/2020.

O jogo começará a ser distribuído e muito em breve estará disponível em Secretarias Municipais, Conselhos de Direitos e Tutelares, Vilas Criativas, Abrigos, Escolas Públicas e Projetos de cunho Educacional, de Assistência e Filantrópicos da Baixada Santista e Região.