Influenciadora de Santos reinventa lives para estimular vendas do comércio da Região

Marcelly Abreu desenvolveu a “Live Leilão” para ajudar comerciantes a prosseguirem com as vendas durante o lockdown

Comentar
Compartilhar
22 ABR 2021Por Da Reportagem18h40
Tendência criada por Marcelly deve permanecer com a reabertura do comércioTendência criada por Marcelly deve permanecer com a reabertura do comércioFoto: Divulgação

A desaceleração no comércio causada pelo lockdown e que persiste, apesar da recente reabertura presencial aos clientes com horários e capacidade de atendimento reduzida, tornou a utilização dos canais digitais não só um mecanismo fundamental de venda, mas a solução para fidelizar e atrair novos consumidores. Influenciadora digital, Marcelly Abreu já foi proprietária de alguns comércios na Baixada Santista e, por isso, reinventou o formato de lives para estimular as vendas no comércio, especialmente durante o momento de dificuldade no segmento. Conhecida como “Live Leilão”, o modelo existe a pouco mais de um mês e já foi responsável por mais de R$ 100.000,00 (cem mil reais) em vendas.

"A minha ideia era achar o ponto certo para fazer com que as lives, que até então não eram mais novidades, tivessem algo que despertassem a atenção dos seguidores a ponto de reverter em vendas. Como especialista em marketing de influência, acredito que além de produtos de qualidade e um preço atrativo, a ‘grande sacada’ é envolver o cliente na ativação, ou seja, gerar entretenimento em forma de venda", explica.

A experiência digital da 'Live Leilão' é como um game, levando entretenimento aos clientes enquanto as vendas são realizadas. Naturalmente, a influencer usa da audiência de mais de 200 mil seguidores para dar visibilidade às marcas, garantindo, portanto, o sucesso. Segundo o CEO da Joss, loja de vestuário feminino e masculino, Junior Marra, o resultado aplicado com o novo formato da live foi surpreendente.

"Apostem na reinvenção! Essa é a palavra chave para conseguir encontrar uma alternativa nesse novo mercado", diz.

"O marketing de influência é cada vez mais uma realidade. Crio conteúdos digitais e, hoje, por exemplo, uma das lojas que apostou neste novo estilo de vendas, com descontos mais agressivos, faturou mais com as lives do que em mês de comércio normalizado", enaltece Marcelly Abreu, que além de influenciadora digital, é advogada e jornalista.