Feriado registra 680 pessoas abordadas na orla de Santos pela Guarda Municipal

Além disso, a GCM prestou orientações a comércio sobre as medidas restritivas para evitar a Covid-19

Comentar
Compartilhar
04 JUN 2021Por Da Reportagem11h50
Duas pessoas foram multadas por não estarem usando máscara em SantosDuas pessoas foram multadas por não estarem usando máscara em SantosFoto: Divulgação / Prefeitura Municipal de Santos

 Em fiscalização realizada pela Guarda Civil Municipal (GCM) nesta quinta-feira (3), feriado de Corpus Christi, foram registradas 684 abordagens à população na orla, das quais 184 sobre uso correto da máscara facial de proteção como medida preventiva para evitar a disseminação da pandemia. Duas pessoas foram multadas por não estarem usando o equipamento.

Durante o patrulhamento também foram apreendidas seis bicicletas, cujos donos circulavam na faixa arenosa, o que é proibido pelo Código de Posturas do Município. Houve, ainda, 23 orientações sobre cães na faixa de areia; 11 sobre prática irregular de esporte e 27 abordagens a pessoas em situação de rua.

Além disso, a GCM prestou orientações a comércio sobre as medidas restritivas para evitar a covid-19; atendeu a cinco denúncias de perturbação de sossego; e intimou uma obra irregular na Zona Noroeste.
 
BARREIRA.
Nesta quinta (3), em barreira sanitária no bairro Saboó, entrada da Cidade, nenhum veículo sem autorização foi flagrado na operação, que segue nesta sexta-feira e sábado (4 e 5), das 3h às 15h, e no domingo (4), das 3h às 11h, envolvendo GCM, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo (Sectur) e Polícia Militar.

O objetivo é conter o chamado turismo de um dia, impedindo a entrada de vans, micro-ônibus e ônibus de turismo sem autorização prévia da Sectur. A Prefeitura pede a colaboração de turistas e da população para que sigam as regras de enfretamento da pandemia, usem máscara facial, higienizem as mãos com álcool em gel ou sabão, evitem aglomerações e mantenham o isolamento social. Denúncias de irregularidades podem ser feitas pelos telefones 153 (GCM), 162 (Ouvidoria) e 190 (PM), no caso de grandes aglomerações.

FORÇA-TAREFA.
Entre a noite de quarta-feira (2) e madrugada desta quinta (3), a força-tarefa da GCM, com apoio de fiscais da Secretaria de Finanças e da Polícia Militar, fiscalizou 15 estabelecimentos comerciais, dos quais dois foram multados: uma casa noturna, no valor de R$ 10 mil, por estar aberta após as 21h; e uma tabacaria, em R$ 1.500,00, por funcionar sem alvará. 

No mesmo período, GCM e PM atenderam a uma denúncia sobre baile funk no Caminho São Sebastião, Zona Noroeste. As equipes de patrulhamento preventivo evitaram o início do evento e aglomeração no local. A ocorrência terminou por volta das 2h45 da madrugada desta quinta (3).