X

Santos

Museu Pelé terá bate-papo com pioneira do futebol feminino no Brasil

Será uma oportunidade para as 'promessas' da modalidade conhecerem de perto a ex-jogadora da Seleção

Da Reportagem

Publicado em 24/01/2024 às 17:13

Atualizado em 24/01/2024 às 21:31

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Nascida em Feira de Santana (BA), Solange Bastos começou a se destacar nos gramados no final da década de 1980 / Divulgação/PMS

A exposição ‘CONTRA-ATAQUE! As Mulheres do Futebol’, em cartaz no Museu Pelé (Largo Marquês de Monte Alegre s/nº, Valongo) com o intuito mostrar a luta das mulheres para poder jogar bola, terá uma nova atração neste domingo (28). A ex-atleta e pioneira da seleção brasileira Solange Bastos, a Soró, estará no equipamento, a partir das 11h, para contar um pouco de suas experiências. A entrada tanto no museu quanto no bate-papo é gratuita.

Neste mesmo dia, as meninas da Escolinha de Futebol do Instituto Fut Delas participarão do bate-papo e ainda vão fazer uma visita à exposição acompanhada de Soró. Será uma oportunidade para as ‘promessas’ da modalidade conhecerem de perto a ex-jogadora da Seleção e entenderem um pouco da história das pioneiras em busca do protagonismo das mulheres no futebol.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O evento será realizado em parceria entre Museu do Futebol, Museu Pelé e o Instituto Fut Delas. 

SORÓ

Nascida em Feira de Santana (BA), Solange Bastos começou a se destacar nos gramados no final da década de 1980. Como zagueira, participou da primeira Copa do Mundo Feminina da história em 1991, da Olimpíada de Atlanta 1996 e da Copa do Mundo de 95. Em 1991, com 20 anos de idade, Soró, além de ter que integrar a primeira seleção em uma Copa, enfrentou desafios pessoais como a primeira viagem de avião e o fato de nunca ter ficado longe da família. Na ocasião, sentia-se incapaz de vestir a amarelinha e quase desistiu da Copa. E são essas e mais histórias que a ex-zagueira do Brasil promete contar no encontro.

RESISTÊNCIA

A exposição itinerante ‘CONTRA-ATAQUE! As Mulheres do Futebol’ apresenta a história de resistência das mulheres brasileiras, que foram proibidas por lei de jogar bola entre 1941 e 1979. Está em cartaz na sala de exposições temporárias até 31 de março, de terça a domingo, das 10h às 17h30.

Especialmente para Santos, foi incorporado um módulo sobre a história do futebol de mulheres na Cidade.Com pesquisa realizada por Daniela Lima, o módulo conta como as mulheres de Santos se organizaram para jogar bola após a queda do decreto-lei que as impedia praticar futebol. 

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Praia Grande tem novos pontos com radares e lombadas eletrônicas; veja onde

A velocidade máxima permitida nas lombadas eletrônicas será de 40km/h e nos radares de 60km/h

ESPORTE REGIONAL

Portuários Stadium reúne crianças e adolescentes com o ThaiKids em Santos

Evento acontece no próximo dia 27

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter