De olho na vacinação contra Covid, Santos abre processo seletivo; veja vagas

Enfermeiros e técnicos de enfermagem interessados em atuar na campanha de vacinação contra a covid-19 em Santos podem se inscrever eletronicamente

Comentar
Compartilhar
05 JAN 2021Por Da Reportagem10h20
Vacinação contra a Covid-19 deve gerar vagas de emprego temporárias em SantosFoto: NikiLitov

Enfermeiros e técnicos de enfermagem interessados em atuar na campanha de vacinação contra a covid-19 em Santos podem se inscrever eletronicamente, a partir desta terça-feira (5), no processo seletivo aberto pela Secretaria Municipal de Saúde. O formulário estará disponível até quinta-feira (7).

Serão admitidos 31 enfermeiros, 50 técnicos de enfermagem (6h) e 98 técnicos de enfermagem (5h), por meio de recibo de pagamento autônomo, sem vínculo empregatício. Os valores de referência, por hora, são R$ 35,50 para enfermeiros e R$ 20,33 para técnicos de enfermagem – investimento superior a R$ 540 mil/mês. A jornada mensal total pode variar entre 100 e 150 horas, conforme a necessidade.

Os profissionais atuarão nas 31 policlínicas da Cidade, em regime de cinco ou seis horas diárias, em turnos variáveis, entre 7h e 18h, de segunda-feira a sábado.

Segundo o Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19 https://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/santos-lanca-plano-de-vacinacao-contra-covid-19, o início da campanha de vacinação está previsto para 25 de janeiro. A data, porém, depende de confirmação por parte do governo do Estado, responsável pela distribuição, aos municípios, da vacina Coronavac, produzida em parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório Sinovac.

Todos os cadastros recebidos serão avaliados por uma equipe da Secretaria de Saúde. Os profissionais selecionados serão chamados para comprovar as qualificações para poderem atuar. É imprescindível ter disponibilidade para início imediato. Servidores do Município não podem participar do processo de seleção.

Antes de seguir para a linha de frente, os profissionais admitidos passarão por capacitação entre os dias 18 e 22 de janeiro.

"A vacina será a principal estratégia para evitar novos contágios pelo novo coronavírus, embora seja importante mantermos outras medidas de prevenção como o distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização constante das mãos. Santos possui um plano consistente de imunização, que considera, entre outros fatores, a contratação de profissionais. Nossa intenção é estarmos preparados para iniciar a aplicação das doses tão logo a vacina seja entregue ao Município", destaca Adriano Catapreta, secretário municipal de Saúde.

Os grupos prioritários para vacinação são os profissionais de saúde em atividade e as pessoas com mais de 60 anos, que serão vacinados de forma escalonada. Em Santos, o público-alvo nesta primeira etapa é formado por 104.419 pessoas, sendo 23.885 trabalhadores da saúde e 80.534 idosos.

ACAMADOS.
A vacinação dos 550 idosos acamados ou com dificuldades de locomoção, já acompanhados pela Seção de Atendimento Domiciliar (Seadomi), será feita pela equipe do próprio serviço. Este público não precisará realizar inscrição.

Os familiares e representantes legais dos idosos acamados ou com restrições de mobilidade, os quais não são atendidos pela Seadomi, deverão se inscrever na policlínica de referência do seu bairro para a vacinação em casa. As inscrições ocorrem entre os dias 12 e 22 de janeiro, mediante apresentação de documentação que comprove a condição de saúde do paciente.