AJUDA

Com baixos estoques, hemocentros de Santos se preparam para Dia do Doador de Sangue

Atualmente, a Cidade conta com três unidades de saúde que contam com hemocentros

LG Rodrigues

Publicado em 14/11/2022 às 08:00

Comentar:

Compartilhe:

Faltando menos de duas semanas para a data, a Guarda Civil Municipal de Santos, que já tornou rotina realizar campanhas para conscientizar a sociedade sobre a importância de doar sangue, deve ser uma das instituições a fazer uma ação neste mês / Diego Marchi / Prefeitura de Guarujá

Às vésperas do Dia Nacional do Doador de Sangue, que é celebrado anualmente, sempre em 25 de novembro, os hemocentros da Cidade de Santos se preparam para realizar campanhas e tentar elevar os estoques de sangue das unidades a um nível satisfatório e que pode significar a diferença entre vida ou morte no município.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Faltando menos de duas semanas para a data, a Guarda Civil Municipal de Santos, que já tornou rotina realizar campanhas para conscientizar a sociedade sobre a importância de doar sangue, deve ser uma das instituições a fazer uma ação neste mês. Por meio de distribuição de panfletos e atividades nas ruas, a corporação convoca quem puder a procurar um hemonúcleo do município no próximo sábado, dia 19 de novembro.

Atualmente, a Cidade conta com três unidades de saúde que contam com hemocentros. O Diário do Litoral entrou em contato com o setor de comunicação de todas para apurar como está a situação e se há planos para realizar campanhas junto à população.

Em nota, a Santa Casa de Santos informa que “o estoque do hospital está dentro dos limites, no entanto, é sempre bom falar sobre a necessidade de doadores de sangue durante todos os dias do ano, e destacar que o tipo sanguíneo que os Bancos de Sangue têm mais dificuldades de conseguir são os tipos ‘O’ fator RH negativo, e os demais tipos que possuem fator RH negativos”, afirma a direção.

Para tentar rever esse cenário, no dia 25, das 10h às 16h, a Santa Casa de Santos realizará uma campanha, com tendas montadas em frente ao hospital, com o objetivo de captar doadores e conscientizar sobre a importância das doações de sangue. Neste dia, será servido lanche especial para os doadores, e para chamar atenção para a causa, profissionais de saúde estarão nas tendas esclarecendo todas as dúvidas e aferindo a pressão arterial.

Em contato com o Governo do Estado de São Paulo, a Reportagem apurou que “o Hospital Guilherme Álvaro informa que os estoques de doação de sangue ainda estão baixos e, por isso, alerta a população sobre a necessidade de doação de sangue para o aumento do estoque. Na próxima semana, o Hospital irá realizar uma campanha para estimular a participação dos doadores”.

O Diário do Litoral também entrou em contato com a Casa de Saúde de Santos, por meio da assessoria de imprensa do grupo GSH, que administra o banco de sangue no local, para apurar a situação da unidade de saúde e possíveis ações nos próximos dias, mas não obteve resposta até o encerramento deste texto.

ANTES DE DOAR.
É importante lembrar que quem se predispor a doar sangue deve seguir alguns requisitos básicos como: estar em boas condições de saúde; pesar no mínimo 50kg; não estar em jejum; estar alimentado, porém deve aguardar duas horas após o almoço, e uma hora após o lanche, além de evitar alimentos gordurosos; não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas que antecedem a doação; não fumar por duas horas antes da doação e na primeira hora após a doação e estar descansado e ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas.

Além disso, quem tomou vacina de vírus vivos atenuados (como a febre amarela) deve esperar 30 dias para a doação; já no caso de vacinas de vírus mortos (contra a gripe, por exemplo), o prazo é de uma semana. Já quem teve Covid-19, precisa esperar o prazo de dez dias após a recuperação do vírus para fazer a doação. Os que foram vacinados contra a doença, devem aguardar sete dias para realizarem o procedimento. 
Menores de 18 anos e maiores de 16 anos podem doar, mas precisam estar acompanhados dos responsáveis, ou com formulário de autorização. O doador também deve apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Porto de Santos pode fechar patrocínio com o Alvinegro Praiano; entenda

Valor será aplicado nas categorias de base e na equipe profissional

Bertioga

Responsável por incêndio em ônibus de vereador de Bertioga é identificado

O crime aconteceu na noite de 30 de maio na Rua Professor Geraldo Rodrigues Montemor

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter