Casos confirmados de coronavírus sobem para 14 em Santos

As confirmações são referentes a um morador de 45 anos, em isolamento domiciliar, e uma moradora de 82, internada

Comentar
Compartilhar
27 MAR 2020Por Da Reportagem19h18
Gráfico divulgado pela Prefeitura de Santos na noite desta sexta-feira (27)Foto: Divulgação

A cidade de Santos teve dois casos novos positivos de Covid-19, que são relativos a um morador de 45 anos, que está em isolamento domiciliar e de uma moradora de 82, que está internada em um hospital do município, o que totaliza agora 14 casos confirmados.  Os dois recentes resultados são de laboratórios reconhecidos, afirma a Prefeitura de Santos. Nesta sexta (27), o Município não recebeu resultados do Instituto Adolfo Lutz (IAL).

De acordo com o boletim da Prefeitura, o número de moradores de Santos internados em hospitais com sintomas do novo coronavírus quadruplicou no período de uma semana, de acordo com as notificações dos serviços de saúde (públicos e particulares) para a Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep).  "No dia 19 de março, havia 11 pacientes internados; nesta sexta-feira (27), são 52 pacientes internados – aumento de 381%", informa a Prefeitura. 

No mesmo período, o número de casos suspeitos triplicou, passando de 101 para 293. Também quadruplicou o número de casos confirmados da doença nos últimos dias. Em Santos, os três primeiros resultados positivos da doença em moradores da Cidade foram informados no dia 23 de março. Após cinco dias, nesta sexta (27), ao chegar a 14 casos representou um aumento de 366%.  

Conforme a Prefeitura, vale destacar que o levantamento contabiliza casos após mudança nos critérios para a classificação de casos suspeitos. "Com a comprovação da transmissão comunitária da doença no País, desde o início desta semana somente são coletadas amostras de suspeitas de Covid-19 entre pacientes internados ou profissionais de saúde. Anteriormente, pacientes com quadros leves (sintomas gripais, sem internação) também eram investigados. Agora, estes são definidos como casos de síndrome gripal e, até o momento, foram contabilizados 80 pacientes nesta situação. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) orienta que pacientes com quadros leves não procurem as unidades e mantenham isolamento domiciliar. A indicação é procurar atendimento médico quando há febre persistente e alterações respiratórias como falta de ar", informa a Prefeitura.

Óbitos

Mais quatro óbitos por suspeita de Covid-19 ocorridos em hospitais da Cidade estão sendo investigados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), sendo três deles de residentes de Santos: homem de 77 anos, que estava no hospital estadual Emílio Ribas (Guarujá); uma mulher de 75 anos, internada em hospital filantrópico, e um homem de 74 anos internado em hospital particular. O quarto caso é de morador de São Vicente, de 36 anos, que faleceu em hospital filantrópico. Ao todo, há 11 óbitos em investigação (sete moradores de Santos e quatro de outros municípios). 

Tripulantes

A Seviep de Santos recebeu, nesta sexta (27), as notificações dos quatro casos suspeitos de Covid-19 de tripulantes de navio de cruzeiro, os quais foram removidos para atendimento médico em hospital filantrópico da Cidade (atendimento particular). Três homens são filipinos e um é indonésio, com idades de 28, 39, 42 e 44 anos. Dois deles estão em leitos de enfermaria e dois em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O diagnóstico ou descarte da doença depende de resultados dos exames laboratoriais. O navio está fundeado na barra do Porto de Santos, sem operar, desde o dia 17 de março, devido ao encerramento dos cruzeiros no País. 

Por causa da confirmação de um caso de Covid-19 em uma passageira, a embarcação está de quarentena até sábado (28). Nesta sexta (27), a Anvisa informou à SMS que mais três tripulantes do mesmo navio foram desembarcados para atendimento médico. Um tripulante de outra embarcação também precisou ser removido para hospital. As notificações dos casos ainda não foram repassadas para a Seviep pelo hospital que presta assistência.