Brincante e Cia apresenta "A Noite que a Morte Dançou" em Santos

Baseado em conto africano, trupe de multiartistas faz apresentação única e gratuita com números de dança, circo, música e interação com público no Teatro Guarany

Comentar
Compartilhar
17 SET 2019Por Da Reportagem12h20
Foto: Divulgação

É uma oportunidade imperdível. O grupo Brincante e Cia faz apresentação única e gratuita do espetáculo A Noite que a Morte Dançou, no Teatro Guarany, em Santos, no domingo 22 de setembro, às 18h. Os ingressos podem ser retirados com uma hora de antecedência.

A partir de números de dança, circo, música e da interação com o público, o enredo faz uma releitura de um conto africano que fala da visita inconveniente da morte em uma cidade e que foi contornada pelo companheirismo e a criatividade artística de 2 irmãos gêmeos. É um espetáculo leve e divertido, mas que aborda um tema que pouco se fala no dia a dia: a morte. 
“O espetáculo traz uma reflexão sobre a vida e a própria experiência artística", afirma Rosane Almeida, co-fundadora do Instituto Brincante e uma das cinco multiartistas presentes no espetáculo. Cada um deles interpreta diversos papéis e executa diferentes modalidades artísticas para “entreter” a morte.

Oficina gratuita para participar do espetáculo
No próprio dia 22 de setembro, das 10h às 13h, acontece a Oficina Arte do Brincante, com inscrições gratuitas. Basta se inscrever uma hora antes no próprio teatro. 

A vivência oferece (com teoria e prática) um espaço para a reflexão e repertório através de canções, brincadeiras, histórias e procedimentos da cultura popular brasileira, com a finalidade de promover a criação individual e do grupo. A partir dos princípios das manifestações brasileiras, mostra como utilizar este material – do corpo, da palavra, da música – de modo a ampliar o processo criativo do participante, independente da sua área de atuação. 

Os integrantes da oficina participam de uma cena no encerramento do espetáculo.

Colunas

Contraponto