X

Santos

Bailarina de Santos é aprovada no Bolshoi, na Rússia

A capacidade técnica de Letícia Charmant, de 18 anos, chamou a atenção de grandes companhias por toda a Europa

Igor de Paiva

Publicado em 04/03/2024 às 07:30

Atualizado em 03/04/2024 às 11:05

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A jornada de Leticia Charmant no balé começou bem cedo / Arquivo Pessoal

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

A vida de uma bailarina é repleta de desafios,escolhas complicadas e objetivos desde seu primeiro contato com a dança. Diante desse universo de metas, a santista Letícia Charmant, 18, definiu representar o Brasil na sede oficial do  Teatro Bolshoi, em Moscou, na Rússia, como sua meta de vida. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Atualmente na Escola Contrapasso,ministrada pela notória Mariluci Giannaccini, a capacidade técnica dela chamou atenção de grandes companhias por toda a Europa, como o Bolshoi. Leticia explica que a oportunidade surgiu em janeiro de 2024 em uma aula de 2 horas que contou com a presença do diretor geral do teatro.

A atuação de Leticia chamou tanta atenção que ela se tornou uma das poucas a serem convidadas a participar do curso de formação em três lugares distintos. Além da própria capital russa, havia também Lugano, na Suíça, e Florença, na Itália, como possibilidade de escolha. “ Em todos os lugares, o curso de formação acontece de forma intensiva. Nós ficamos o dia inteiro praticando as técnicas do balé clássico. A mim, foi oferecido que meu rendimento nas aulas fosse reconhecido também como uma audição na companhia profissional do Bolshoi”,explica.

Balé da Cidade de Santos apresenta 'Variações' 

De modo geral, o Bolshoi, inaugurado em 1827, é considerado dentro do meio artístico como o maior palco de balé do mundo, o que torna a entrada em sua equipe como o ápice da carreira de qualquer bailarino.  

A jornada de Leticia Charmant no balé começou bem cedo. Aos dois  anos de idade, a dança era uma atividade extracurricular obrigatória em sua escola. Desde então, ela sempre pedia aos pais para ingressar em uma escola específica em balé, fato que aconteceu apenas dois anos depois. “ Eu sempre tive um bom rendimento. Consequência do compromisso e da disciplina que eu sempre tive com a dança. A cada elogio dos professores e dos diretores da escola, isso me dava ainda mais encanto com a possibilidade”. 

Balé da Cidade de Santos é destaque no Festival de Dança de Joinville

Com tempo e conselhos para buscar uma forma de se profissionalizar, Letícia chegou na Escola de Balé Municipal de Santos, local onde se formou. Ela explica que todo o trabalho realizado por Renata Pacheco,atual diretora do local, a ajudou na parte tećnica e abriu portas para a sua carreira. “ Tive muitas experiências e um contato com a dança profissional muito bom. Tive aulas e participei de competições importantes como o festival de Joinville. Em 2023, eu me formei”. 

Apoio familiar como trunfo. 

Leticia explica que os seus pais sempre a ajudaram a tomar a melhor decisão dentro da sua carreira. Ela conta que o pai é o maior fã do seu trabalho. “ Ele investiu sempre que pode e vai em todos os espetáculos que eu participo. Acredito que minha família sempre teve boas escolhas para mim”. 

Sobre a conquista de entrar na equipe de formação do Bolshoi, ela conta que eles não ficaram nem um pouco surpresos por que assistiram de perto a sua entrega na dança. “ Eu fiquei muito mais surpresa que eles na verdade. Eles me disseram, eles viram de perto meu esforço, eles apostam muito em mim”, finalizou. 

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Sabesp interrompe abastecimento de água em bairros de São Vicente

Serviços podem interferir no fornecimento nesta semana e na próxima

Diário Mais

Saiba os melhores pontos para observação de Ovnis no litoral de SP

Os locais citados estão em Peruíbe

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter