X

OPORTUNIDADE

Autoridade Portuária de Santos abre 250 vagas em concurso Público

Edital deverá ser publicado ainda neste mês, conforme informado pela estatal

Da Reportagem

Publicado em 01/03/2024 às 16:24

Atualizado em 01/03/2024 às 22:11

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Concurso não acontecia a mais de uma década / Divulgação

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

A Autoridade Portuária de Santos (APS) anunciou que vai oferecer mais que 250 vagas de emprego atráves de um concurso público. De acordo com a entidade, o edital das provas deve ser liberado oficialmente até março desse ano. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Há 13 anos que a APS não faz um concurso amplo para fazer frente à sua crescente necessidade de pessoal, uma vez que, nos últimos anos, ocorreram demissões e planos de desligamento voluntário, que resultaram na perda de mais de 300 funcionários.

Programa Meu Emprego - Trabalho em Equipe: inscrições abrem no dia 20  de fevereiro

Serão oferecidos cargos de nível médio, como técnicos e guardas portuários; de nível médio técnico, como segurança do trabalho, edificações e eletricista; e nível superior, em áreas de engenharia, oceanografia, pedagogia, administração, direito, assistência social, arquitetura, biologia, contabilidade, economia, jornalismo, relações públicas, publicidade e propaganda, entre outras a serem informadas no edital.

Obras da 2ª fase do VLT interditam trecho da João Pessoa e abrem vagas de emprego em Santos

Comissionados - A APS tem hoje 820 funcionários, sendo 30 comissionados, que representam 3,6% do total, ocupantes de cargos de livre provimento.  Os comissionados, para serem contratados pela APS, devem se submeter aos rígidos critérios do Plano de Cargos Comissionados e Funções de Confiança da Companhia.

Os indicados, além dos requisitos de escolaridade, devem comprovar documentalmente períodos mínimos de experiência nas funções que pretendem exercer. Assim, os superintendentes devem comprovar oito anos de experiência; os assessores de diretor, cinco anos; os gerentes, cinco anos e secretárias(os) de diretoria, três anos de experiência e registro da profissão.

Os indicados devem se submeter a todos os padrões de compliance e transparência, apresentando farta documentação, certidões negativas e fornecer todas as informações sobre bens e Imposto de Renda. Já os diretores, além destas informações, são avaliados diretamente pelos órgãos de controle do Governo Federal antes de terem direito a assumir as quatro diretorias e a Diretoria da Presidência. Os dados dos comissionados estão disponíveis no site da APS.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Praia Grande tem novos pontos com radares e lombadas eletrônicas; veja onde

A velocidade máxima permitida nas lombadas eletrônicas será de 40km/h e nos radares de 60km/h

ESPORTE REGIONAL

Portuários Stadium reúne crianças e adolescentes com o ThaiKids em Santos

Evento acontece no próximo dia 27

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter