X

Santos

Artes integradas e patriarcado em cena no FESTA hoje

Com tema ‘Mulheres em Cena: Da luta de Pagu aos dias de hoje’, evento do Movimento Teatral da Baixada Santista ocorre até dia 2.

Rafaella Martinez

Publicado em 25/08/2018 às 10:02

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Neste sábado, Santos vira palco de duas mostras de artes integradas, além de espetáculos que descem a serra para abrilhantar a programação do FESTA 60. A programação tem início às 15h com a abertura das exposições ‘Mulheres² Impressões de Corpo e Alma’, com curadoria de Márcia Okida 'CELLOGRAF', da artista Fixxa, ‘Viva Pagu’, da escritora Lúcia Teixeira e ‘TEP-Unisanta 50 anos - digital’.

Muralista premiada no Brasil e no exterior, Fixxa já coloriu com sua arte urbana países como Argentina, Japão e Espanha e para essa instalação do Festa 60,  explora a técnica Cellograff, espalhando diversas paredes pela cidade. Já a mostra ‘Mulheres² Impressões de Corpo e Alma’ reúne 30 designers santistas e 60 obras com impressão frente em verso. São criações autorais, com envolvimento junto à luta da mulher na sociedade, que trazem de um lado a artista retratada por ela mesma e, do outro, uma mulher que a inspira e represente como símbolo de força, luta e arte.

A professora Lúcia Teixeira abre a exposição ‘Viva Pagu’ dividida em três atos. Traz manuscritos inéditos de suas obras, suas cartas, fotografias legendadas por ela e cadernos, reunidos por Lúcia durante mais de 22 anos de pesquisa, desde que publicou seu primeiro livro sobre Pagu, em 1988, “Pagu- Livre na Imaginação, no Espaço e no Tempo”, ao qual se seguiram “Croquis de Pagu” e “Viva Pagu – Fotobiografia de Patrícia Galvão”, que Lúcia escreveu em parceria com o jornalista Geraldo Galvão Ferraz, filho mais novo de Pagu. A exposição já percorreu várias cidades do País.

A Cadeia Velha abrigará ainda uma mostra digitalizada dos 50 anos do grupo TEP – Teatro Experimental de Pesquisas, reunindo boa parte de seu acervo imagético, organizado em setores de amostragem em material multimídia especialmente para o FESTA60. Contempla espetáculos, curtas-metragens, vinhetas poéticas e fotografias que registram a produção do grupo ao longo de sua história. A Direção Geral é de Gilson de Melo Barros.

A Roda 7 Saias leva para a Praça dos Andradas a partir das 16h diversas ações artísticas:Feira de Artesãs com 15 expositoras, exposição da fotógrafa Juliana Florentino, cena da Cia Cena Preta, exibição da websérie Nossa Voz Ecoa seguida de uma roda de conversa com a Preta-Rara, e, encerrando a roda pra cima, uma oficina do Coco das Marias com Jaqueline da Silva e Kida Alves.

Já no Teatro Guarany, a fotógrafa Bruna Veloso inaugura a exposição ‘Ameseginalehu’, que foca a mulher e seu comportamento diante de três das 80 tribos milenares da Etiópia: Mursi, Karo e Hamer, na região do Vale do Rio Omo. O material foi registrado durante viagem de 12 dias pelo país africano e busca trazer uma realidade distante, mas urgente de mudanças socioambientais, além de questões como isolamento e resistência.

A programação teatral tem início às 21h, com ‘Carne’, da Kiwi Companhia de São Paulo. A montagem dirigida por Fernando Kinas discute as relações entre patriarcado e capitalismo, mostrando o panorama da opressão de gênero e a situação específica da violência contra as mulheres no Brasil. 

Na sequência entra em cena o espetáculo ‘O Canto das Mulheres do Asfalto’ e por fim a rapper Preta Rara faz a ‘Noite das Minas no Hip-Hop. Em carreira solo desde 2013, seus raps abordam questões como empoderamento feminino, racismo e cotidiano. 

Também haverá intervenções das rappers Natt Maat, Litta Afrontite e uma edição especial do Sarau da Banca, organizado por Thamyres Iannuzzi, com participações de Jordana, Moç e USREC, além de batalhas de rima, open mic e roda de conversa (“Amor x Ego”). Confira a programação em: fb.com/festivalsantistadeteatro e movimentoteatraldabaixadasantista.blogspot.com.

AGENDA

Sábado, 25 De Agosto

9h – Centro Cultural Cadeia Velha | Oficina de Interpretação, com Fernanda Azevedo

15h - Centro Cultural Cadeia Velha | Abertura das Exposições ‘Mulheres² Impressões de Corpo e Alma’, curadoria de Márcia Okida (Produção Multimídia Unisanta), 'CELLOGRAF', ‘Viva Pagu’, da escritora Lúcia Teixeira e ‘TEP-Unisanta 50 anos - digital’

16h – Cine Arte Posto 4 | ‘Pina, na Mostra de Longas FESTA 60

16h – Praça dos Andradas | Roda 7 Saias, com ‘Feira das Mulheres Artesãs’

17h – Praça dos Andradas | Roda 7 Saias, com exposição da fotógrafa Juliana Florentino e Cia Cena Preta 

18h – Praça dos Andradas | Roda 7 Saias, com exibição da Websérie Nossa Voz Ecoa’ e ‘Oficina 

19h – Praça dos Andradas | Roda 7 Saias, com Oficina do Coco das Marias

20h30 – Teatro Guarany | Abertura da exposição Ameseginalehu, da fotógrafa Bruna Veloso

21h – Teatro Guarany | Carne, da Kiwi Companhia de Teatro (São Paulo)

23h - Praça dos Andradas | O Canto das Mulheres do Asfalto, d’O Canto das Mulheres do Asfalto (São Paulo)

23h59 – Praça dos Andradas | Noite das Minas do Hip Hop, com Preta Rara

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Motorista enfrenta trânsito lento e congestionado nesta sexta-feira

Os motoristas que estão utilizando as rodovias da Região, enfrentam lentidão para chegar em seus respectivos destinos

Guarujá

Suman relembra tragédia e diz que Guarujá está preparada para chuvas

O temporal teve início na noite de 2 de março de 2020 e perdurou durante a madrugada do dia 3

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter