Aquário prepara programação especial pela internet para celebrar aniversário

Os 75 anos do local serão comemorados na próxima quinta-feira

Comentar
Compartilhar
28 JUN 2020Por Da Reportagem12h33
Inaugurado em 1945, o aquário não é só o mais antigo do País como é o segundo maior aquário público do BrasilFoto: DIVULGAÇÃO

O Aquário preparou uma programação especial para celebrar seus 75 anos, que serão comemorados na próxima quinta-feira (2). O local está fechado desde o dia 17 de março, como medida preventiva ao coronavírus, mas um calendário de atividades será totalmente realizado pela internet. Por isso, os fãs do equipamento público podem ficar tranquilos com as opções elaboradas para as redes sociais do parque (Facebook e Instagram) e da Prefeitura de Santos (Facebook).

As celebrações começam na  quinta (2), quando um passeio virtual pelo Aquário estará disponível no IGVT do Instagram do parque (@uea.aquario). O público poderá fazer um percurso virtual pelos corredores, onde 32 tanques abrigam cerca de mil exemplares nativos e exóticos. O vídeo apresentará informações legendadas. Já no sábado (4), uma live será transmitida às 14h, na página da Prefeitura no Facebook (https://www.facebook.com/PrefeituraSantos/), com o biólogo Alex Ribeiro. Será a oportunidade para quem quiser fazer um passeio ao vivo, conhecendo curiosidades sobre o parque e a vida marinha.

Entre os dias 2 e 8 de julho, uma exposição virtual sobre a história do Aquário estará disponível no Instagram e no Facebook do parque (Educação Ambiental do Aquário de Santos). Com o tema Aquário de Santos: 75 anos Marcando Gerações, a inciativa apresentará uma seleção de imagens antigas, ainda anteriores à obra, e das décadas seguintes de funcionamento do parque, até o momento atual.

Outra atividade será o Quiz UEA: Curiosidades do Aquário de Santos, que ficará disponível nos stories do Instagram do parque, também entre os dias 2 e 8 de julho. A cada dia, um jogo diferente pretende aguçar o aprendizado sobre o parque e sua vida marinha.

No mesmo período, vídeos mostrando a evolução do local, desde que foi inaugurado, e depoimentos de funcionários e visitantes, serão publicados nas páginas do Facebook e Instagram do Aquário.

E no dia 8, serão publicadas, no Instagram, postagens da atividade Minhas lembranças do Aquário de Santos - Varal Virtual com desenhos feitos por crianças.

O parque, localizado na Praça Vereador Luiz La Scala s/nº, na Ponta da Praia, registra número crescente de visitas, o que demonstra forte relação com a Cidade e o turismo. Só no último verão, foram 180 mil pessoas. No anterior, 156 mil. Sem contar que o local é referência na reabilitação de animais marinhos e pioneiro da Educação Ambiental no Brasil.

 

“O Aquário faz parte da história de cada um de nós. São 75 anos cativando e educando os visitantes para um futuro melhor”, afirma o secretário de Meio Ambiente, Márcio Gonçalves Paulo.

HISTÓRIA
Inaugurado em 1945, na presença do presidente Getúlio Vargas, o local não é só o mais antigo do País como é o segundo maior aquário público do Brasil e o segundo parque mais visitado do Estado, perdendo apenas para o Zoológico de São Paulo. E o único com sistema de captação da água do mar, ininterrupto até hoje.

Desde sempre, é referência para os santistas quando o assunto são animais aquáticos, inclusive mamíferos. Até hoje, o local recebe bichos encontrados na praia, encalhados ou feridos. Inclusive peixes levados por moradores que não conseguem adotar os cuidados adequados dentro de casa.

E as mascotes marcaram época na Cidade e na vida dos profissionais que se dedicaram e que se dedicam integralmente ao parque. Como não se lembrar do leão-marinho Macaé e dos lobos-marinhos Macaezinho e Abaré-Inti? E do pinguim Fraldinha, que deu à luz os primeiros pinguins nascidos em cativeiro no Brasil? Aos mais velhos, o gostinho de uma lembrança a mais: a foca Krikri, que encantou toda a Cidade após ser encontrada nas águas do Estuário. Mas o Aquário tem registro de mascotes desde o início de seu funcionamento.

INAUGURAÇÃO
A inauguração do Aquário de Santos marcou um dia de festa na Cidade e ocorreu na mesma data da entrega de uma nova sede da Santa Casa, no Jabaquara. Na época, o prefeito era Antonio Gomide Ribeiro. O antigo parque era bem menor que o atual, mas a ideia de reunir animais marinhos em um local para exposição foi considerada arrojada para a época.

COMIDA DIRETO DA PRAIA
Pescadores e marinheiros ajudavam a providenciar a comida dos habitantes do Aquário. Eles passavam um arrastão (rede) de praia, muitas vezes puxado por bois, para capturar os animais, e vários eram fornecidos como alimento para o Aquário. “Os que viessem vivos eram colocados nos tanques. Era uma forma de alimentar os animais e ter espécies em exposição, já desde aquela época”, explica o biólogo marinho e coordenador do parque, Alex Ribeiro.

REFORMAS
Em 75 anos, o Aquário passou algumas reformas, sendo a primeira em 1956 e uma outra em 1997, que desmontou alguns tanques para a construção de um auditório, dando mais espaço ao setor técnico. Mas a maior obra começou em agosto de 2004, para ampliar e modernizar o equipamento. Para isso, a principal atração, o lobo-marinho Macaezinho, precisou ficar hospedado no Orquidário Municipal. O parque foi reaberto em 26 de janeiro de 2006.