CAMPANHA DE 1 A 11

Após tumulto, Carnabanda reestreia com segurança reforçada e muita chuva em Santos

Durante três horas a chuva não deu trégua para os participantes da Banda Foliões da Ponte, no Macuco

Comentar
Compartilhar
05 FEV 2020Por Da Reportagem09h58
Detectores de metal foram instalados na entrada do ambiente controladoFoto: Marcelo Martins / Prefeitura Municipal de Santos

Não choveu três dias sem parar, como expressa o desejo em uma famosa marchinha de carnaval, mas foi quase. Durante três horas a chuva não deu trégua para os participantes da Banda Foliões da Ponte, no Macuco, primeiro grupo carnavalesco a participar do Carnabanda 2020 sob as novas normas impostas pelo Comitê de Segurança e Fiscalização das Bandas Carnavalescas de Bairros, da Prefeitura de Santos, e Polícia Militar.

Já na chegada do local da festa, na Rua João Alfredo, eram facilmente visíveis as novidades. Detectores de metal na entrada do ambiente controlado, maior número de seguranças contratados pelas bandas, torres de observação com integrantes da Guarda Municipal e maior efetivo da Polícia Militar.

Portando orgulhosamente sua pulseira de identificação - distribuída a todos os foliões que curtiram a banda - o aposentado Manoel Barbosa saiu da Zona Noroeste exclusivamente para curtir a Foliões da Ponte e a bateria da X-9. O senhor de 71 anos pode ser considerado um especialista em bandas de carnaval: somente em 2019, ele brincou em 38 bandas.

"Eu adorei. Acho que ficou muito mais seguro para todo mundo. O carnaval é tempo de curtir. Não pode haver espeço para quem é mal-intencionado", decretou Barbosa.

O Carnabanda 2020 prossegue, nesta quarta-feira (5), com a bandas Vila Sapo e da Encruzilhada. Mais detalhes neste link.

O Carnabanda é um evento organizado pelas bandas, com apoio da Prefeitura no que se refere à autorização para o uso das vias públicas, fornecimento de banheiros químicos e caminhão de som, bloqueio do trânsito, fiscalização de ambulantes, presença da Guarda Municipal e a limpeza das ruas após o evento. Neste novo formato, a Administração oferece ainda as pulseiras, os gradis, a torre de observação e a vigilância por drone. Fica à cargo da Polícia Militar o planejamento e execução do esquema de segurança.