X

Praia Grande

Setor Ambiental de PG realizou quase 900 ocorrências em 2022

Grupamento divulgou balanço das atividades esta semana

Da Reportagem

Publicado em 08/03/2023 às 14:38

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Dos 899 boletins de ocorrência registrados ao longo do ano passado, 550 estão relacionados com a contenção de invasões / Reprodução/Prefeitura da Praia Grande

O Setor Ambiental (Sepam) da Guarda Civil Municipal de Praia Grande  desenvolve um importante trabalho voltado ao Meio Ambiente, em especial à contenção de invasões e combate a crimes ambientais. Esta  semana, um levantamento divulgado pelo setor apontou que, somente em  2022, foram quase 900 ocorrências, sendo a maioria delas relacionadas  a estes tipos de situação.

Dos 899 boletins de ocorrência registrados ao longo do ano passado,  550 estão relacionados com a contenção de invasões, incluindo 141 construções subnormais removidas; 2.679,0 m³ de resíduos da construção  civil (RCC) removidos/apreendidos; 86 flagrantes de crimes ambientais  e 51 equipamentos/ferramentas apreendidos relacionados a crimes  ambientais.

Destaque também para as ações com aeronave não tripulada (drones),  sendo 50 ações de mapeamento aéreo e 52 de monitoramento aéreo.

O inspetor Fábio Rogério Marques explica que as ações integram uma  rotina estabelecida e coordenada pela Comissão Especial de Proteção das Áreas de Preservação. “O objetivo do trabalho é identificar todas  as ocupações desordenadas em áreas de preservação e risco, estabelecendo as medidas necessárias para a proteção desses espaços e  também das famílias ocupantes. Atualmente, são 18 áreas congeladas na  Cidade”.

O setor conta ainda com um importante aliado: as imagens diárias de  satélite fornecidas pela Polícia Federal através do Programa Brasil M.A.I.S. (Meio Ambiente Integrado e Seguro). Todo processamento se dá  pela Sala Ambiental de Operação da Guarda Ambiental, equipada com  software de ponta que permite a sobreposição dos ortomosaicos gerados  no mapeamento com drones, às imagens de satélite e o GEOPG (sistema  municipal que constitui o banco de dados do setor).

Animais

Os animais silvestres também receberam especial atenção nas  ações do Sepam. Ao todo, foram 381 indivíduos resgatados pela Guarda  Ambiental e pela Guarda Costeira em 261 ocorrências.

Completam o levantamento as ocorrências em apoio às outras  instituições como Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do  Estado e Fundação Florestal, solturas de animais silvestres  reabilitados pelos Centros de Triagens e o apoio às outras  secretarias, especialmente à Secretaria de Saúde Pública (Sesap), na  área de Saúde Ambiental, além das ocorrências que não têm relação com  o foco da atividade, como furtos, roubos e acidentes de trânsito.
 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Mau presságio? Branqueamento de corais pode ser sinal da morte dos oceanos; entenda

Estruturas são a base do Oceano

Nacional

Não perca as contas: você sabe quantas vezes o cantor Fábio Jr. se casou?

A lista é bem extensa e pode confundir os fãs

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter