Praia Grande: Técnicos de basquete produzem videoaulas gratuitas durante a quarentena

Turmas feminina e masculina da Cidade estão se movimentando

Comentar
Compartilhar
29 MAI 2020Por Da Reportagem18h40
Antes da suspensão das atividades (em 17 de março), quase 100 jogadores integraram os selecionados locaisFoto: Markus Spiske/Unsplash

Os técnicos das equipes de basquete feminino e masculino de Praia Grande (Secretaria de Esporte e Lazer – SEEL) têm produzido com o próprio celular videoaulas para a prática da atividade física. As gravações são destinadas aos atletas dos times de competição da Cidade, mas podem ser utilizadas por qualquer interessado. Antes da suspensão das atividades (em 17 de março), quase 100 jogadores integraram os selecionados locais.

“Estamos colocando as meninas para suar. É muito importante se manter ativo neste período, até mesmo para a saúde mental e emocional”, afirmou a técnica da seleção feminina praia-grandense, Alessandra Hourneaux de Mendonça da Costa Rodrigues. “Comecei a produzir os vídeos em março e tenho acompanhado diariamente as atletas, sempre por meios digitais. Corrijo, instruo e oriento as atividades com cada uma delas. Também realizamos reuniões virtuais para discutir aspectos do esporte”.

Os vídeos da professora Alessandra Horneaux podem ser vistos no link https://www.facebook.com/alessandra.hourneaux. Ela é formada em Educação Física e Pedagogia, tem pós-graduação lato sensu em Administração e Marketing Esportivo. É árbitra credenciada pela Federação Paulista de Basquete e oficial estatística do Novo Basquete Brasil - NBB. É uma das fundadoras da Liga de Basketball da Baixada Santista (LBBS).

Masculino – O técnico da equipe de basquete masculina de Praia Grande, Osvaldo José de Assis Pinheiro, além das videoaulas que produz, tem participado de várias lives, chats, clinicas digitais e entrevistas. Todas as informações sobre as atividades online dele podem ser obtidas no link https://www.facebook.com/oj.pinheiro.

“Estamos vivendo um momento delicado devido a pandemia do vírus covid-19 e creio que nada será como antes”, afirmou Pinheiro. “Competir, jogar, treinar; o retorno às atividades esportivas será vagaroso, cuidadoso e em hora oportuna. Precisamos agir com muita responsabilidade para preservar a integridade de atletas, familiares e público em geral. Não deve haver pressa, mas sim cautela e planejamento”.

Osvaldo Pinheiro é formado em Educação Física e Jornalismo, pós-graduado em Educação Física Escolar, Treinamento Desportivo, Gestão Esportiva. Tem curso nível 3 (máxima graduação) da Confederação Brasileira de Basquete (FIBA América). Preside a Delegacia Regional de Educação Física da 4ª Região, a Delegacia Regional da Federação Paulista de Basquete e integra a Diretoria da Liga de Basketball da Baixada Santista. É professor da Faculdade de Praia Grande. É o único treinador da Região que obteve três pódios consecutivos, por três cidades diferentes, nos Jogos Regionais do Estado (2004, ouro com Santos; 2005, bronze com São Vicente; e 2006, bronze com Praia Grande).