X
Praia Grande

Praia Grande inicia entrega de mais de 47 mil kits de material escolar

Na segunda (19), alunos da EM Orestes Quércia foram contemplados

Praia Grande inicia entrega de mais de 47 mil kits de material escolar / Reprodução Facebook

A Prefeitura de Praia Grande cumpre com a previsão inicial e começa a distribuição dos kits de material escolar aos alunos da rede municipal de ensino. Na manhã desta segunda-feira (19), o prefeito, Alberto Mourão, e a secretária de Educação, Nanci Solano Tavares de Almeida, fizeram a entrega aos estudantes da EM Governador Orestes Quércia, no Bairro Mirim. Até a primeira quinzena de março mais de 47 mil meninos e meninas serão beneficiados.

A distribuição ocorrerá de forma gradativa. Os alunos das turmas de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) serão os primeiros a ganharem os materiais. Depois recebem os estudantes da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do Fundamental. Todos os kits contam com itens que atendem a necessidade de cada nível escolar. Lápis, canetas, cadernos e borrachas estão entre os artigos presentes na grande maioria. 

O aluno Antônio Dozinho Pereira Neto, 13 anos, do 9º ano da EM Orestes Quércia foi um dos primeiros a receber o kit. O estudante elogiou a qualidade do material escolar entregue pela Prefeitura. “Não é a primeira vez que recebo. Acho que o material vem facilitar o nosso dia a dia para os estudos, pois os kits têm todos os itens necessários para a série que estamos. Além de não gerar despesas”, afirmou.

Mãe da aluna Joana Fraga, 14 anos, também do 9º ano, a funcionária pública do Estado de São Paulo, Lucília Fraga, 47 anos, também apontou a economia como um fator importante quanto aos kits de material escolar. “Ajuda as famílias que não têm condições. Fora a qualidade do material que é entregue. Isso facilita no aprendizado dos alunos porque, com os kits nas mãos, basta a dedicação deles nos estudos”.

O prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, destacou outro ponto relevante quanto a entrega dos kits.

Para o chefe do Executivo, a padronização do material escolar com todos os alunos tendo acesso aos mesmos itens evita possíveis concorrências que não sejam sadias. “Sabemos que algumas famílias têm uma condição melhor que a outra e essa uniformidade, onde todos têm o mesmo tipo de material, impede aquelas comparações que podem acarretar no bullying”, destacou.

“Lembro que, quando fui secretário de Educação, em 89, enfrentei uma situação que fez com que eu dê mais valor a essa ação realizada hoje”, recordou o prefeito. “Na ocasião, com as famílias passando dificuldades devido à situação econômica do país, tive que fazer um mutirão junto aos empresários da Cidade para suprir a necessidade dos alunos, que recebiam uma lista e não tinham condições de comprar”. 

Ao longo dos últimos anos, o investimento em educação tem sido uma tônica do trabalho da Administração Municipal. Para o prefeito, somente investindo em um ensino de qualidade que se formacidadãos críticos, conscientes e conhecedores de seu papel para fazer o mundo cada vez melhor. “E esse é um compromisso pessoal meu para as futuras gerações de nosso Município. Só com educação podemos mudar o rumo da sociedade”. 

 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Neymar vence prefeitura de Santos em briga judicial

A Neymar Sport e Marketing tem como sócios Nadine Gonçalves e Neymar da Silva Santos, pais do atleta do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira

Brasil

Governo: Mário Frias contrata por quase R$ 4 milhões empresa sem licitação e sem funcionários

A sede da empresa seria uma caixa postal em um escritório virtual a 2.400 km do Rio de Janeiro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software