Praia Grande comemora Dia Mundial da Bicicleta

Cidade é considerada Amiga da Bicicleta com seus 97,7 km de ciclovias

Comentar
Compartilhar
03 JUN 2020Por Da Reportagem16h11
Município já recebeu cinco vezes o troféu “Cidade Amiga da Bicicleta”Foto: Jairo Marques/PMP

Comemorado mundialmente nos dias 19 de abril e também em 3 de junho, o Dia Mundial da Bicicleta (Bicycle Day) é uma data que vai ao encontro dos investimentos cicloviários realizados em Praia Grande. Considerada uma Cidade Amiga da Bicicleta com seus 97,7 km de ciclovias, o Município é hoje a maior malha cicloviária da Baixada Santista e uma das principais em todo o País. E a infraestrutura não se resume somente a vias exclusivas, mas também ações logísticas, atividades educativas e prêmios ganhos.

A Secretaria Municipal de Trânsito de Praia Grande (Setran) estima que um terço da população possua bicicleta e que a utilize como meio de transporte diário (aproximadamente 100 mil pessoas). No período de alta temporada de verão, quando Praia Grande é uma das cidades mais visitadas de todo o País, segundo pesquisa do Ministério de Turismo, esse número aumenta ainda mais.

O Município já recebeu cinco vezes o troféu “Cidade Amiga da Bicicleta”. Dois foram concedidos pela própria Associação Brasileira de Ciclistas, em 2007 e 2008, outro pelo Instituto Pedala Brasil e União de Ciclistas do Brasil, durante o evento “Bicicultura”, realizado na cidade de Sorocaba, em 2010. Em 2014 pela Associação Brasileira de Ciclistas, Skates, Patins e Cadeirantes, e pela Liga Santista de Ciclismo no 1º Congresso de Mobilidade das Cidades Cicloviárias da Baixada Santista. E em 2016, durante o II Festival da Bicicleta do Litoral Paulista, na cidade de Santos. Na ocasião, a Prefeitura também recebeu a medalha “Cláudio Clarindo 2016”, entregue para técnicos e ativistas na área.

De acordo com a chefe da Seção de Educação e Segurança do Trânsito da Setran, Elaine Fornazieri, a Cidade define como um dos principais programas de educação para o trânsito uma política de utilização da bicicleta como modalidade de transporte seguro. “Para isso, vem investindo no desenvolvimento de trabalhos que interliguem todo o sistema urbano e promovam ações permanentes voltadas à utilização adequada desses equipamentos. As bicicletas são veículos sustentáveis e trazem muitos benefícios à saúde”.

Ciclovias – As ciclovias e ciclofaixas de Praia Grande estão localizadas nos seguintes trechos: Ruas Coelho Neto e Graça Aranha (580m); Avenida Diamantino Cruz Ferreira Mourão (13.000m); Parque Linear Samambaia (1.390m); Avenida Dr Roberto de Almeida Vinhas – Solemar/Maracanã (11.000m); Marginais à Via Expressa Sul (20.200m); Avenida Presidente Castelo Branco (22.170m); Avenida Álvaro dos Santos (280m); Avenida Presidents Kennedy (15.640m); Rua Sérgio Gregório (1.400m); Rua Caminho do Guaramar (656m); Avenida do Trabalhador (2.723m); Rua José Julio Baptista (510m); Rua Professor Olavo de Paula Borges (325m); Avenida Irmãos Adorno (592m); Avenida São Paulo (1.260m); Palácio das Artes (195m); Avenida Marechal Mallet (2.120m); Avenida Ayrton Senna da Silva (2.000m); e Avenida Ecológica (1.720m).

Bike Legal – Entre os projetos de sucesso voltados especificamente aos ciclistas em Praia Grande está o “Bike Legal”. No projeto, ao vestir os óculos os usuários têm a sensação de estarem montados na bicicleta, pedalando na ciclovia, e ao longo do trajeto situações vão sendo apresentadas, onde o condutor precisa reagir de forma segura. A ação acontece com óculos de realidade virtual e em bicicletas fixadas sobre um tapete, simulando a comunicação visual das ciclovias de Praia Grande. Dentro da simulação, sobre as imagens reais são inseridos ícones e elementos de animação (mixed reality), que auxiliam na compreensão das informações que tornariam o passeio mais seguro.

Ciclista Cidadão – E outra principal ação voltada aos utilizadores de bicicleta em Praia Grande é o projeto Ciclista Cidadão. Iniciado em setembro de 2011, ele consiste no cadastro de proprietários de bicicletas da Cidade realizado após colagem de adesivo numerado nos veículos. E com as informações levantadas, a Setran mapeia o perfil dos ciclistas da Cidade e direciona de forma mais efetiva as ações de trânsito no Município.

Os adesivos numerados do projeto Ciclista Cidadão foram confeccionados com material de alta aderência e reflexivo, que além de identificar os ciclistas ainda servem como elementos refletivos, tornando o veículo mais visível durante a noite. Atualmente, aproximadamente 20 mil ciclistas praia-grandenses já estão cadastrados.