Habitação

PG solicita apoio ao Estado para a retomada de obras paralisadas de  conjuntos habitacionais

Cidade busca também inclusão em programas estaduais

Da Reportagem

Publicado em 25/05/2022 às 08:30

Atualizado em 25/05/2022 às 09:00

Compartilhe:

PG solicita apoio ao Estado para a retomada de obras paralisadas / Foto: Prefeitura de Praia Grande

A Secretaria de Habitação (Sehab) da Prefeitura de Praia Grande segue  trabalhando em busca da retomada das obras que estão paralisadas de  134 unidades habitacionais. Nesta terça-feira (24), a Cidade solicitou  apoio do Governo do Estado de São Paulo para que interceda para  agilizar a assinatura do convênio com a Caixa Econômica Federal para o  retorno dos trabalhos.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.


O tema foi debatido em reunião entre o secretário de Habitação de  Praia Grande, Anderson Mendes, e o titular estadual da mesma pasta,  Flávio Amary. O encontro ocorreu na capital paulista. Outros assuntos  que fizeram parte da pauta foram as melhorias habitacionais em 121  moradias no núcleo Nova Leblon dentro do programa Viver Melhor e ainda  a liberação do subsídio do Casa Paulista em apoio ao programa Chave  dos Sonhos para 320 famílias que aderirem ao empreendimento no Bairro  Vila Sônia.

“A Prefeitura de Praia Grande está fazendo a parte dela cobrando a  União e a Caixa. Buscamos aqui o apoio do Estado. Infelizmente, essas  obras paralisadas trazem enorme prejuízo. Em alguns casos parte dos  materiais foi retirado do local. As pessoas que moram no entorno  também sofrem com isso. Por todas essas questões a Prefeitura de Praia  Grande tem buscando de todas as formas o retorno dessas obras”,  declarou o titular da Sehab, Anderson Mendes.

As obras das unidades habitacionais estavam em fase adiantada quando  foram paralisadas. Mesmo assim, as construções foram abandonadas pela  empresa Rocris, que era até então a responsável pelos trabalhos. Estão  nessa situação seis conjuntos habitacionais na Cidade. São eles: Sítio  do Campo IA, IB e IC, além do Sítio do Campo II, Antártica e Santa  Marina.

“A reunião desta terça com o secretário estadual de Habitação também  serviu para que pudesse reforçar as solicitações de novas realizações  para a Cidade. Entre elas, a construção de mais 375 unidades  habitacionais e a inclusão do Município em programas como o Vida  Longa, Viver Melhor e o Nossa Casa Apoio”, destacou Mendes.

O secretário estadual de Habitação, Flavio Amary, explicou que as  solicitações serão analisadas pela equipe técnica da pasta.  “A  prefeita Raquel Chini tem trabalhado bastante para beneficiar a  população de Praia Grande. Estamos estudando a possibilidade de  atender as demandas que foram solicitadas”, disse.

Investimentos - Praia Grande é uma das cidades que mais tem investido  na área de Habitação em todo o Estado de São Paulo. Somente em 2021, o  Município entregou quatro conjuntos habitacionais, disponibilizando  mais de 400 unidades habitacionais de interesse social.

Infraestrutura - Uma medida de destaque desenvolvida pela Prefeitura  de Praia Grande e que complementa a construção dos conjuntos  habitacionais é que as áreas onde são erguidas as unidades recebem  total infraestrutura, com ênfase em pavimentação, sistema de esgoto e  drenagem, segurança, além de equipamentos nas áreas de Saúde e Educação.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Variedades

'Duna: A Profecia', prelúdio do aclamado longa, ganha novo teaser trailer

Produção é assinada pela Legendary Television

Santos

Cidade do litoral de SP recebe evento sobre Cannabis Medicinal; veja a programação

Discussão ao longo dos anos vem ganhando corpo e a importação foi autorizada no Brasil há mais de 8 anos pela Anvisa

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter