Mulher que arrancou dedo do marido à dentada pode pegar até 8 anos de prisão

Rosely Raul foi detida em flagrante, mas liberada após audiência de custódia na cidade.

Comentar
Compartilhar
11 MAR 2018Por Da Reportagem14h24
Rui e Rosely moram em São Paulo e estavam à passeio em Praia Grande.Foto: Arquivo Pessoal

A autônoma Rosely Raul, de 53 anos, pode pegar até 8 anos de prisão após ter arrancado a primeira falange do dedo anelar do seu namorado, o motorista Rui Almeida da Silva, de 59 anos, com uma dentada. O caso ocorreu dentro de um hotel de Praia Grande, após uma discussão do casal na recepção. Rosely foi presa em flagrante e encaminhada até a Delegacia Sede da cidade, onde permaneceu até a audiência de custódia.

Segundo relatos de testemunhas a briga teria começado no quarto e os gritos incomodaram outros hospédes, que acionaram a gerência do hotel. Um funcionário foi até o quarto onde Rosely e Rui estavam e os convenceu a descer até a recepção para conversar, quando a discussão ficou mais acirrada e então, Roseli, mordeu o dedo de seu namorado. 

Rui foi levado para o hospital Irmã Dulce e liberado horas depois. Já Roseli permanceceu na recepção do hotel, onde foi presa em flagrante. 

Pelo crime de lesão corporal grave a autônoma pode cumprir até 8 anos de prisão. Não há novas informações sobre o estado de saúde de Rui.

O casal mora em São Paulo e estava à passeio na cidade.