Vereador de São Vicente quer videomonitoramento nas escolas

Gil do Conselho pede mais atenção para as crianças e adolescentes; anteprojeto de lei está nas mãos do prefeito.

Comentar
Compartilhar
10 NOV 2019Por Caroline Souza07h01
Segundo o parlamentar, a ideia é que os pais possam acompanhar a vida escolar de seus filhos.Foto: REPRODUÇÃO/FACEBOOK

O vereador Givanilse dos Santos, o Gil do Conselho (PSDB), de São Vicente, quer mais atenção para as crianças e adolescentes. O parlamentar apresentou anteprojeto de lei para que sejam instaladas câmaras de monitoramento em creches e escolas municipais.

Segundo ele, a ideia é que os pais possam acompanhar a vida escolar de seus filhos através de um aplicativo. "Além disso, tem acontecido muitos furtos em creches e escolas, e o videomonitoramento traria mais segurança".

De acordo com o texto, as câmeras deverão ser instaladas nos berçários, refeitórios, salas de aula e demais salas da administração. Já o controle das câmeras ficaria na sala do responsável pela creche ou escola.

Agora, o anteprojeto, que é um estudo inicial que servirá de base ao projeto, está nas mãos do prefeito Pedro Gouvêa.

OUTROS PROJETOS

Gil do Conselho, que ingressou na Câmara em fevereiro deste ano, também tem dois projetos que envolvem crianças e adolescentes.

No projeto 'Papo Reto', o vereador vai até as escolas palestrar sobre bullying, drogas, depressão e exposição nas mídias sociais, entre outros temas. Já o 'Conheça São Vicente' leva crianças da periferia para pontos turísticos da cidade, como a Biquinha e o Horto Municipal.

CONSELHO TUTELAR

Em entrevista ao Diário do Litoral, o ex-conselheiro tutelar de São Vicente opinou sobre o as últimas eleições do Conselho Tutelar.

"Ao meu ver faltou mais organização e fiscalização. Tem denúncias que pessoas não conseguiram votar, urnas canceladas porque o fiscal não soube deslacrar. Faltou preparo e organização o que acaba deixando um pleito frágil. Poderia ter outra eleição. Fatos comprovam que deveria sim ser cancelada."