“Vamos fazer mais em 4 anos do que planejamentos fazer”

A prefeita de Cubatão, Márcia Rosa de Mendonça Silva, disse que nesses primeiros 100 dias de governo conseguiu avançar em algumas áreas

Comentar
Compartilhar
07 FEV 201322h40

Apesar do seqüestro de R$ 17 milhões para pagamento de precatórios, honrou a folha de pagamento do funcionalismo, fez mudanças no sistema de transporte coletivo, entre outras ações.

“Nós assumimos um governo para ficarmos quatro anos, então temos muita coisa para fazer. Nesses três meses, a gente superou tantas dificuldades: pagamos o transporte, que desde a Administração passada não estava pago; pagamos a verba SUS aos funcionários da Saúde, sem receber desde setembro; e aumentamos as bolsas de estudo. A Cidade está sendo iluminada, lâmpadas estão sendo substituídas, as praças estão sendo limpas, e isso, sem que a gente tenha contratado nenhuma empresa.

No próximo dia 17, a Prefeitura realizará o segundo Ato de Gestão e Transparência. “Vamos reunir a equipe de governo, no Bloco Cultural, para atender toda a comunidade que poderá ter acesso a todas informações que quiser, fazer as críticas e encaminhamentos. Vou estar lá o dia inteiro, das 14 às 21 horas”.

Segundo Márcia Rosa, a implantação do projeto Bolsa Educação Infantil para abertura de 200 vagas a crianças de 0 a 6 anos em creches e pré-escolas é uma das ações que não conseguiu realizar neste primeiro trimestre. “O projeto está na Câmara aguardando pautação e votação. Eu pedi em caráter de urgência”.

O líder comunitário da Cota 200, Cleiton de Melo Souza, tem esperanças com este novo governo. “Espero que a prefeita dê mais atenção aos bairros Cota, transporte, saúde e solucione nosso problema com telefones públicos e iluminação pública lá na Cota 200”.