X

Política

Temer: Brasil e Paraguai construirão duas pontes entre os dois países

A declaração foi feita pelo presidente em sua conta no Twitter após uma conversa por telefone entre ele e o presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez

Agência Brasil

Publicado em 23/10/2018 às 00:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Michel Temer disse que o Brasil e o Paraguai vão levar adiante a construção de duas pontes ligando os dois países / Agência Brasil

O presidente Michel Temer disse que o Brasil e o Paraguai vão levar adiante a construção de duas pontes ligando os dois países. Um delas ligará a cidade paranaense de Foz do Iguaçu a Puerto Presidente Franco; e outra a cidade de Porto Murtinho, no Mato Grosso do Sul, a Carmelo Peralta.

A declaração foi feita por Temer em sua conta no Twitter após uma conversa por telefone entre ele e o presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez. “Falei, há pouco, por telefone com o presidente Mario Abdo. Tratamos de ponto central da agenda entre Brasil e Paraguai: a integração física. Vamos avançar na construção de duas novas pontes. [São] obras importantes para o escoamento da produção agropecuária brasileira e para os que vivem na região de fronteira”.

Benítez também se manifestou pela rede social. “Durante a ligação com o presidente do Brasil resolvemos ir adiante finalmente com a construção de novas pontes internacionais. Isso significará maiores facilidades para o acesso de nossos produtos ao Brasil, aumento do comércio e, portanto, melhores dias para nossa gente!”.

Os dois países vinham conversando a respeito dessas obras. Em setembro, o ministro das Relações Exteriores paraguaio, Luis Alberto Castiglioni, disse esperar que nos próximos cinco anos as duas pontes saiam do papel. A declaração ocorreu durante a visita de Castiglioni ao Brasil, quando se reuniu com o chanceler brasileiro, Aloysio Nunes Ferreira.

“Passaram-se 53 anos da construção da última ponte que liga Paraguai e Brasil [Ponte da Amizade]. Queremos, com a vontade política dos governos, que não se passe cinco anos para a construção de duas pontes internacionais”, disse Castiglioni à época.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Litoral de SP tem mais de 25 mil imóveis em área de risco

Os dados foram obtidos a partir de um cruzamento entre as coordenadas geográficas do Censo Demográfico 2022, do IBGE

São Vicente

Padre que mais batizou em SV, Feliciano Martinez morre aos 86 anos

Feliciano Arrastia Martinez estava internado desde o dia 21 de fevereiro, no Hospital Casa de Saúde, em Santos

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter