Telma anuncia pré-candidatura à Câmara de Santos

A ex-prefeita e ex-deputada federal Telma de Souza (PT) anunciou ontem à tarde sua pré-candidatura ao Legislativo santista

Comentar
Compartilhar
19 FEV 201321h49

A decisão foi declarada à imprensa no gabinete da vereadora Suely Morgado, onde Telma se reuniu com os vereadores petistas, além de Suely, Cassandra Maroni Nunes e Reinaldo Martins, o presidente em exercício do PT Municipal Bartolomeu Pereira de Souza e a deputada estadual Maria Lúcia Prandi — pré-candidata a Prefeitura de Santos.

De visual novo e bastante alegre, a ex-parlamentar — eleita vereadora de Santos em 1982 — afirmou que sua intenção de retornar ao Legislativo “não será um recomeço, mas o começo de um novo patamar”. “A gente se reinventa”, enfatizou a mulher que ao longo de sua carreira política já abraçou mandatos eletivos à frente do Executivo, na Assembléia Legislativa e na Câmara Federal.

Perguntada sobre o número de cadeiras que o PT conseguiria na Casa de Leis, com o seu nome, a ex-prefeita salientou que “o partido fará uma campanha unificada” cujo principal foco é a candidatura majoritária de Maria Lúcia Prandi, porém disse que aumentar a bancada petista no Poder Legislativo é uma das expectativas para essas eleições. No Poder Legislativo as cadeiras são distribuídas ao partido conforme o coeficiente eleitoral da legenda.

A coordenadora da Macrorregião do PT e presidente do Instituto de Políticas Públicas para o Desenvolvimento da Baixada Santista (IBS) afirmou que sua decisão de concorrer ao Legislativo é resultado de várias reuniões formais e informais com membros e diretores de todas as instâncias do partido ao longo de seis meses.

Ao lado de Prandi, Telma ressaltou que a proposta do PT a longo prazo é estabelecer políticas públicas para a metropolização efetiva da região. “Vamos planejar o futuro de Santos e garantir a metropolização”. O presidente em exercício do PT, Bartolomeu de Souza, disse que o “tabuleiro político já está se definindo”. Segundo ele, existe grande probabilidade de o PT fechar aliança com o PC do B, PMN, PV, PRTB.

Histórico

Militante, Telma ajudou a fundar o PT em 1979. Ela ingressou efetivamente na vida pública em 1982 ao ser eleita vereadora de Santos. Em 1986, Telma foi eleita deputada estadual, conquistando dois anos mais tarde o cargo de prefeita de Santos. Dando prosseguimento à sua carreira política, Telma se elegeu deputada federal três vezes (1994, 1998 e 2002). Nas últimas eleições, Telma ultrapassou os 161 mil votos, uma das votações mais expressivas do Estado, segundo sua assessoria.