STF só julgará prisão de Aécio se houver recurso

O caso só será levado ao plenário se houver um recurso da PGR, o que não ocorreu até momento

Comentar
Compartilhar
18 MAI 2017Por Folhapress12h52
O STF afirmou que o ministro Edson Fachin negou o pedido de prisão contra o senador Aécio NevesFoto: EBC

O STF afirmou que o ministro Edson Fachin negou o pedido de prisão contra o senador Aécio Neves.

O caso só será levado ao plenário se houver um recurso da PGR, o que não ocorreu até momento. Assim, é muito provável que o assunto não seja julgado nesta quinta em plenário.

A sessão do STF começa às 14h desta quinta (18). O quórum mínimo para analisar a questão é de seis ministros.