STF inicia sessão que irá julgar habeas corpus sobre prisão de Lula

Antes de analisar o pedido do ex-presidente, os ministros vão finalizar o julgamento sobre doações ocultas para campanhas políticas

Comentar
Compartilhar
22 MAR 2018Por Agência Brasil14h50
STF inicia sessão que irá julgar habeas corpus sobre prisão de LulaSTF inicia sessão que irá julgar habeas corpus sobre prisão de LulaFoto: José Cruz/Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou há pouco a sessão para julgar o habeas corpus no qual a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenta impedir eventual prisão após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça Federal. No entanto, antes de analisar o pedido do ex-presidente, os ministros vão finalizar o julgamento sobre doações ocultas para campanhas políticas.

O julgamento de hoje será decisivo para Lula em função da confirmação de que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, deverá julgar na próxima segunda-feira (26) o último recurso contra a condenação a 12 anos e um mês de prisão na ação penal do tríplex do Guarujá (SP), no âmbito da Operação Lava Jato.

No habeas corpus protocolado no STF, a defesa do ex-presidente discorda do entendimento da Corte, que autorizou a prisão após os recursos de segunda instância, por entender que a questão é inconstitucional.

“Rever esse posicionamento não apequena nossa Suprema Corte – ao contrário – a engrandece, pois, nos momentos de crise é que devem ser fortalecidos os parâmetros, os princípios e os valores. A discussão prescinde de nomes, indivíduos, vez que importa à sociedade brasileira como um todo. Espera-se que este Supremo Tribunal Federal, a última trincheira dos cidadãos, reafirme seu papel, o respeito incondicional às garantias fundamentais e o compromisso com a questão da liberdade”, argumentam os advogados.