X
Política

Sem-Teto espancado por personal no DF é convidado para ser deputado

Membros de partidos querem que Gilvaldo Alves dispute cadeira na Câmara dos Deputados ou na Câmara Legislativa do DF

Morador de rua Gilvaldo Alves viralizou após polêmica / Reprodução/YouTube

Membros de partidos querem que morador de rua que viralizou após polêmica, Gilvaldo Alves, dispute cadeira na Câmara dos Deputados ou na Câmara Legislativa do DF.

Segundo portal Metrópoles, pelo menos quatro partidos políticos tentam contato com Gilvaldo Alves de Souza, 48 anos, o morador de rua espancado pelo personal trainer Eduardo Alves, em Planaltina, para lançá-lo como candidato a deputado nas próximas eleições.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Os convites ocorrem após Gilvan conceder entrevista para o portal contando sua versão sobre o caso polêmico com o personal trainer.

De acordo com as legendas, a ideia seria lançá-lo na disputa por uma cadeira na Câmara dos Deputados ou na Câmara Legislativa (CLDF).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Polícia Civil prende acusado de assalto em São Vicente

O crime aconteceu em 2017 e o suspeito estava foragido até a sua prisão, nesta quarta-feira (10)

GASTRONOMIA

Conheça 5 restaurantes para provar comidas do Oriente Médio em SP

Uma nova geração de restaurantes árabes que tem dado o que falar

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software