‘Santinhos’ tomam conta das ruas de São Vicente

Eleitor escolhe candidato em papel jogado no chão; moradores reclamam do excesso de material espalhado

Comentar
Compartilhar
05 OUT 201414h49

São Vicente amanheceu forrada de papel neste domingo. Na Área Continental, os ‘santinhos’ dos candidatos tomaram conta, inclusive, de praças e ruas distantes das seções eleitorais. O vento ajudou a espalhar o material. A quantidade de lixo deixou muitos eleitores indignados.

“Quero ver quem vai limpar essa sujeira depois. Em São Vicente se chover alaga tudo. Espero que não chova, pois vai ficar feio o negócio”, disse Josefa Ribeiro, moradora do Jardim Rio Branco.

No Catiapoã, nas proximidades da EMEF Carolina Dantas, algumas pessoas também reclamavam do excesso de papéis nas ruas. No entanto, eleitores indecisos buscavam candidatos pelo chão. “Não tenho em quem votar. Vou votar nesse aqui mesmo”, disse um senhor de aproximadamente 50 anos, que não quis se identificar.

Dyego Costa, de 18 anos, votou pela segunda vez em uma escola da Vila Margarida. O jovem se diz incomodado com o excesso de propaganda e desanimado com o cenário. “Todos os anos a história se repete. A gente vota em quem tiver o sorriso mais bonito e anda sobre esse tapete de ‘confetes’ de uma festa que custa mais caro do que imaginamos”, desabafa.

No Centro, duas varredoras da Companhia de Desenvolvimento de São Vicente (Codesavi) tentavam remover a grande quantidade de lixo espalhada durante a madrugada.

A Prefeitura de São Vicente informou que as equipes trabalham em esquema normal de limpeza neste domingo.

São Vicente amanheceu forrada de papel neste domingo (Foto: Luiz Torres/DL)

Santos

Apesar da operação Voto Limpo estar em vigor em Santos, algumas ruas da Cidade também amanheceram com muito papel, principalmente no entorno dos locais de votação. Durante a madrugada, equipes da prefeitura apreenderam trezentos quilos de material.

A ação, que foi retomada pela manhã, tem o objetivo de impedir a presença de santinhos e peças de divulgação de candidatos, especialmente nas proximidades das seções eleitorais.

Treze veículos da Prefeitura percorrem o Município verificando casos de descarte de material de campanha. Quem for flagrado jogando santinho ou outro tipo de material publicitário estará sujeito a multa, com valor mínimo de R$ 150,00.

Colunas

Contraponto