Rosana Valle pede ao Sebrae orientação aos pequenos comerciantes na retomada

Neste início de retomada, o oferecimento de estratégias sobre como eles devem agir é uma medida que pode evitar novos prejuízos e ajudar os pequenos negócios a promoverem um recomeço

Comentar
Compartilhar
05 MAI 2021Por Da Reportagem18h24
A deputada federal Rosana Valle (PSB).A deputada federal Rosana Valle (PSB).Foto: Divulgação

A deputada federal Rosana Valle (PSB) pediu ao Sebrae um programa de orientação aos pequenos empresários do Litoral Paulista, dramaticamente afetados pelas restrições ao turismo na pandemia. Neste início de retomada, o oferecimento de estratégias sobre como eles devem agir é uma medida que pode evitar novos prejuízos e ajudar os pequenos negócios a promoverem um recomeço eficiente.

“O Sebrae constatou que, em março deste ano, os pequenos negócios foram responsáveis por 57,9% dos empregos gerados com carteira assinada no País, o que corresponde a quase 107 mil vagas. Diante deste dado animador, seria importante que o Sebrae, com sua indiscutível expertise, nos ofereça um plano para orientar os comerciantes ligados ao turismo sobre o que devem fazer agora. Se investem em equipamentos, redesenham seus negócios, focam em fazer capital de giro, ou seja, que melhores caminhos devem tomar nesta retomada”, ressaltou a parlamentar.

O desempenho dos pequenos negócios na geração de empregos, neste  começo do primeiro semestre, superou os postos de trabalho criados pelas empresas de médio e grande porte, que foi pouco mais de 67 mil. Os dados constam em levantamento feito pelo Sebrae, com base no Caged e no Ministério da Economia.

A deputada ficou entusiasmada com a fala do presidente do Sebrae, Carlos Melles, no sentido de que os pequenos negócios são essenciais para a retomada econômica brasileira. O Sebrae informou que, pelo  9ª mês consecutivo, as micro e pequenas empresas puxaram a geração de empregos formais no Brasil e que não há dúvida de que são o motor da nossa economia. 

“Por isso, uma estratégia voltada para quem sofreu ainda mais por conta das restrições, que fecharam as praias, por exemplo, seria vital para a volta consciente do turismo no Litoral de São Paulo. Uma cartilha ou mesmo um conteúdo direcionado no portal do Sebrae seria um estímulo essencial neste momento”, reivindicou a deputada, lembrando que se empenharia pessoalmente na divulgação do conteúdo e na sua distribuição. 

O Sebrae informou, no seu portal, que, apesar do atual momento crítico da pandemia no Brasil, o primeiro trimestre de 2021, quando comparado ao mesmo período do ano passado, apresenta um cenário mais favorável, com a liderança do setor de serviço na geração de vagas.