Renato Duque encaminha à Justiça foto de encontro com Lula

Os advogados também anunciaram que ele renuncia a valores que tinha depositados em bancos na Suíça e em Mônaco

Comentar
Compartilhar
23 MAI 2017Por Folhapress20h06
Renato Duque apresentou à Justiça Federaluma foto de um encontro dele com o ex-presidente LulaRenato Duque apresentou à Justiça Federaluma foto de um encontro dele com o ex-presidente LulaFoto: Agência Brasil

A defesa do ex-diretor da Petrobras Renato Duque apresentou à Justiça Federal nesta terça-feira (23) uma foto de um encontro dele com o ex-presidente Lula para provar que se encontrava com o petista.

Os advogados também anunciaram que ele renuncia a valores que tinha depositados em bancos na Suíça e em Mônaco.

Duque confessou, em depoimento no início do mês, crimes no âmbito da Petrobras e afirmou que se encontrou com o ex-presidente três vezes de 2012 a 2014.

Na última ocasião, em 2014, segundo o ex-diretor, Lula disse que ele não poderia ter depósitos no exterior, insinuando que era uma ordem para fechar suas contas com origem em propina.

Lula, em depoimento ao juiz Sergio Moro no início do mês, confirmou que se encontrou com Duque, mas negou que tenha pedido para fechar contas fora do país. O petista disse que apenas perguntou se o ex-diretor possuía as contas e, diante de uma negativa, não insistiu.

Em petição entregue nesta terça, a defesa de Duque também especifica que o encontro com Lula ocorreu em 2 de junho de 2014, e dá o número do voo em que viajou a São Paulo naquele dia.

Preso desde março de 2015 e já condenado na Lava Jato, o ex-diretor tenta firmar um acordo de colaboração na Justiça.

A defesa de Lula disse que Duque é um réu confesso que tenta "destravar sua delação" e que o material da petição não prova nada, mas mostra "o desespero dos acusadores".