PT pede que PM reforce segurança nos diretórios do partido no domingo

Partido pede policiamento preventivo com mais ronda ostensiva, viaturas fixas e um plano de atuação para proteger as sedes dos diretórios

Comentar
Compartilhar
25 OUT 2018Por Folhapress19h40
O PT pediu que a PM reforce a segurança nos diretórios do partido no domingoO PT pediu que a PM reforce a segurança nos diretórios do partido no domingoFoto: Divulgação

A bancada do PT na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) enviou um requerimento nesta quinta-feira (25) à Secretaria de Segurança Pública do governo Márcio França (PSB) pedindo reforço de policiamento no domingo (28) no entorno dos diretórios do partido e de entidades tradicionalmente ligadas à sigla.

A líder do partido na Assembleia, Beth Sahão, se reuniu na quarta-feira (24) com o secretário-adjunto da pasta, Sérgio Turra Sobrane, para discutir o pedido de proteção, segundo nota divulgada pela bancada, "movida pela preocupação com a frequência dos atos de violência e o acirramento da intolerância que contaminaram o ambiente da disputa eleitoral".

O PT pede policiamento preventivo com mais ronda ostensiva, viaturas fixas e um plano de atuação para proteger as sedes dos diretórios nacional, estadual e municipal do partido, o comitê do PC do B e a sede da UNE, além do prédio da CUT e do quarteirão onde fica o Sindicato dos Bancários de São Paulo.