X

Política

PT cobra ministro da Justiça por motociatas de Bolsonaro sem capacete

Pelo Código de Trânsito, dirigir sem o equipamento é infração gravíssima, passível de multa e da suspensão do direito de dirigir

Folhapress

Publicado em 27/06/2022 às 19:33

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Bolsonaro em motociata, em SP / Reprodução/TV Globo

A bancada do PT do Senado enviou nesta segunda-feira (27) um ofício ao ministro da Justiça, Anderson Torres, cobrando providências para a insistência do presidente Jair Bolsonaro (PL) em dirigir moto sem capacete.

Em suas motociatas, o chefe do Executivo não usa o equipamento de segurança, o que configura infração gravíssima no Código de Trânsito Brasileiro. A Polícia Rodoviária Federal, a quem cabe essa fiscalização, está subordinada ao Ministério da Justiça.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Para o partido, há cerca de um mês a postura ultrapassou o âmbito da legislação de trânsito para ser tornar "um ato desumano e cruel, de afronta à civilidade". No último sábado (25), completou-se um mês da morte de Genivaldo de Jesus Santos, asfixiado com gás de pimenta, após ser abordado pela Polícia Rodoviária Federal por pilotar sem capacete.

"É simbólico perceber que esta infração, que é cometida reiterada vezes pelo presidente, foi novamente praticada dois dias antes de completar um mês da morte violenta de Genivaldo. Enquanto ao presidente Bolsonaro a desobediência da lei nem ao menos resulta em uma abordagem, a mesma infração cometida por Genivaldo lhe custa a vida", subscrevem os senadores no documento.

A última motociata de Bolsonaro foi na última quinta-feira (23) em Caruaru (PE), novamente sem capacete.

Pelo Código de Trânsito, dirigir sem o equipamento é infração gravíssima, passível de multa e da suspensão do direito de dirigir.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Movimento de cargas cresce 2,3% no trimeste no Porto de Santos

Santos Port Authority, estatal que administra o maior porto do país, divulgou que volume alcançado foi de 42 milhões de toneladas

ALERTA

Paguei com Pix, mas era golpe; saiba como recuperar o dinheiro

Advogado explica o que fazer e quais instituições podem ajudar a se livrar do prejuízo

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software