X

Política

PSDB vai oficializar hoje candidatura de Alckmin à Presidência

A convenção reunirá as principais lideranças do PSDB, além de representantes dos partidos aliados que vão compor a coligação nacional.

Agência Brasil

Publicado em 04/08/2018 às 09:37

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O presidente da legenda e ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin. / Fotos Públicas

O PSDB vai oficializar hoje (4), em convenção nacional em Brasília, a candidatura do presidente da legenda e ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin à Presidência da República. A senadora Ana Amélia (PP-RS) será a vice-presidente na chapa.

A convenção reunirá as principais lideranças do PSDB, além de representantes dos partidos aliados que vão compor a coligação nacional. Alckmin terá o apoio dos partidos que compõem o chamado Centrão, formado por DEM, PP, PRB, PR e Solidariedade.

Atualmente, a bancada do PSDB no Congresso Nacional é composta por 49 deputados federais e 12 senadores. No pleito de 2014, o partido elegeu quatro governadores, 803 prefeitos, 96 deputados estaduais e 5.346 vereadores. A legenda tem 1,4 milhão de eleitores filiados, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Perfil

Quatro vezes governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de 65 anos, é médico e um dos fundadores do PSDB. O tucano iniciou sua trajetória política em 1972, em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, onde foi eleito vereador, presidente da Câmara dos Vereadores e prefeito da cidade. Foi também deputado estadual e federal.

Chegou ao governo de São Paulo em 2001, como vice do governador Mário Covas. Com a morte de Covas, Alckmin assumiu definitivamente o cargo de governador, para o qual foi eleito em 2002 e que voltou a ocupar por mais dois mandatos, após vitória nas eleições de 2010 e 2014.

Em 2006, o tucano concorreu à Presidência da República, mas foi derrotado no segundo turno pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que foi reeleito.

Alckmin assumiu a presidência nacional do PSDB em dezembro do ano passado.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Armado com uma espada, homem invade hospital e ataca segurança; assista

Apesar do ataque, o segurança não ficou ferido e retirou o agressor da unidade médica

Cotidiano

Vacinação da gripe será antecipada para março

A estratégia costuma acontecer entre os meses de abril e maio, mas, neste ano, terá início no dia 25 de março, devido a uma "antecipação da circulação de vírus respiratórios"

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter