X
Política

Primeira-dama de SV: ‘Mandá-la embora nem pensar’

A frase é do deputado Luciano Batista, que defende a permanência de primeira-dama de SV em seu gabinete

O deputado estadual Luciano Batista (PTB), que deixa o cargo em 14 de março próximo, defendeu ontem a primeira-dama de São Vicente, Valéria Rodrigues Lins da Silva — esposa do prefeito Luis Cláudio Bili (PP) — sua assessora especial parlamentar na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Ele garantiu que não vai exonerála em função do rompimento político com o chefe do Executivo vicentino.

“Apesar da Cidade estar uma vergonha, estou discutindo politicamente com o marido dela, não com ela. Mandá-la embora nem pensar, pois não existe conflito. Eu mesmo permiti que ela presidisse o Fundo trabalhando comigo, pois os dois imóveis (do Fundo e do escritório político do deputado) são próximos”, afirmou ontem, por telefone, o parlamentar.

Batista enfatiza que tanto Valéria Lins, como Sheila Scudeli, trabalham há anos A frase é do deputado Luciano Batista, que defende a permanência de primeira-dama de SV em seu gabinete Primeira-dama de SV ao seu lado. A primeira desde 2007 e a segunda (Sheila) desde 1995. “Ambas são muito competentes”, completou o deputado, alertando que os salários delas são inferiores ao citado na reportagem de ontem do Diário do Litoral. “O que foi publicado são os salários brutos. Os salários líquidos são R$ 7 mil (Sheila) e R$ 8 mil (Valéria)”.


Deputado Luciano Batista garante que não vai exonerar primeira-dama (Foto: Matheus Tagé/DL)

Dupla função

A Reportagem descobriu a dupla função da primeiradama por intermédio das redes sociais e confirmou a atividade ‘extra’ no próprio site da Alesp. A esposa do ex-chefe de Gabinete do prefeito Fabiano Scudeli, Sheila Daiane Mascarenhas Scudeli, exerce o cargo de assessora técnica parlamentar.

O salário bruto de ambas é razoável. A primeira-dama recebe R$ 11.849,48 e Sheila R$ 10.683,95, conforme tabela de cargos e salários de 2014 da Alesp. Ambas são lotadas no escritório político do deputado, em São Vicente. No Fundo Social, Valéria Lins não tem salário e, conforme a Prefeitura, cumpre expediente diário, o que não foi confirmado na última quinta-feira (19) pela Reportagem.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Polícia prende dois homens suspeitos de tráfico de drogas em São Vicente

Os agentes estavam em um patrulhamento preventivo pela Rua Antônio Luís Barreiros, no bairro Japuí, quando encontraram dois homens na trilha do surfista

Tragédia

Homem de 23 anos morre afogado ao tentar buscar bola de futebol no mar

Segundo informações do Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar), o afogamento aconteceu na Praia Preta

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software