Prefeitura e hospital assinam acordo para melhorar atendimento

A solenidade aconteceu ontem à tarde, no gabinete da prefeita

Comentar
Compartilhar
02 FEV 201317h56

A prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, assinou um protocolo de intenções com o médico Davi Uip, um dos mais conhecidos infectologistas do Brasil, a fim fazer uma cooperação mútua para melhorar a técnica, estrutura e o atendimento na saúde pública de Guarujá, principalmente no Hospital Santo Amaro (HSA), o único a atender pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), no Município.

A solenidade aconteceu ontem à tarde, no gabinete da prefeita. Participaram também do ato, o secretário da Saúde de Guarujá, Geronimo Vilhanueva e o presidente da Associação Santamarense de Beneficência de Guarujá (ASBG - mantenedora do HSA), Urbano Bahamonde.  

  A Prefeitura vai indicar técnicos para um grupo de trabalho, que se inicia no próximo dia 5. Durante esse processo, que levará 90 dias, podendo ser prorrogável, a Administração Municipal ficará responsável por repassar todas as verbas conveniadas com o Estado e União, com destino ao HSA.

Outro ponto fundamental nesse protocolo visa a contratualização da saúde pública em Guarujá, como é determinado pela Legislação Federal. Isso possibilita determinar um responsável pelo serviço de saúde. Outro objetivo é o aumento da qualidade do atendimento SUS.

“O protocolo é importante porque nós vamos poder estudar a contratualização da Prefeitura com o hospital garantindo o maior número de repasses em alguns procedimentos que já são oferecidos à comunidade e que hoje não são repassados porque hoje não há e não houve um grande estudo sobre isso”.

A prefeita disse ao DL que a saúde é uma de suas metas. “A saúde ainda não está ajustada. Estamos caminhando neste início de mandato para fazermos os ajustes que são necessários. Estamos indo gradativamente por áreas”.

Cabe à Associação Santamarense de Beneficência de Guarujá fornecer todos os dados necessários técnicos de trabalho sobre o atendimento SUS, além de disponibilizar instalação e estrutura nas dependências do HSA e também informações contábeis e financeiras do hospital.

Já a equipe do médico, David Uip, prestará consultoria e assessoria, que vai desde a formação de médicos, auditoria de contas fiscais até na ajuda de procedimentos de alta complexidade, como cirurgias, por exemplo. O médico revelou que a idéia é trazer ao Guarujá academia, que envolve a assistência, ensino e a pesquisa e fazer com que o serviço público de saúde possa ofertar a população, o atendimento de primeira no serviço de alta complexibilidade.

“Eu acho que é um avanço para Guarujá. É muito empolgante a decisão da prefeita, que numa única reunião conseguiu perceber a extensão do caso e já no segundo encontro assinou esse protocolo que não é de intenções, mas sim de ações, que vislumbra um mandato futurista e moderno. Vamos ajudar a melhorar a saúde de Guarujá e torná-la uma das melhores do país”, afirmou Uip.

Segundo o presidente da Associação Santamarense de Beneficência de Guarujá, Urbano Bahamonde, o HSA, que atende 85% pacientes do SUS, toda essa movimentação traz aporte de verba e equilíbrio econômico financeiro para a entidade, além de melhorar a capacitação técnica dos funcionários, os equipamentos de exames e diagnósticos e aumentar o número de atendimentos aos pacientes de áreas carentes.

Antonieta esclareceu que o convênio entre a prefeitura e o hospital é diferente do processo de intervenção que foi encerrado em dezembro de 2007. “é uma parceria entre poder executivo, hospital e o Dr. Davi Uip que representa uma entidade renomada de médicos, trazendo qualidade de atendimento no Hospital Santo Amaro para toda a população da nossa Cidade”.