Prefeito e vereadores eleitos são diplomados em Praia Grande

A cerimônia de diplomação dos eleitos da cidade de Praia Grande aconteceu na tarde desta sexta-feira (14) no Auditório Jornalista Roberto Marinho.

Comentar
Compartilhar
14 DEZ 201217h55

Eleitos no último pelito, o prefeito, Alberto Mourão, a vice-prefeita, Maura Lígia Costa Russo e os 17 vereadores, foram diplomados na tarde da última quinta-feira (13). A cerimônia conduzida pela Juíza da 317ª Zona Eleitoral, Luciana Viveiros Corrêa dos Santos Seabra, lotou o Auditório Jornalista Roberto Marinho, no Bairro Mirim, que tem capacidade para 300 pessoas.

Mourão, que iniciará o quarto mandato à frente do Executivo Municipal frisou a responsabilidade do cargo. “Para mim é um orgulho governar a Cidade pela quarta vez. É uma marca inédita na Região, mas também de muita responsabilidade. Sei que vou ter que me dedicar muito mais do que me dediquei ao longo dos outros governos. Volto para governar como se estivesse iniciando a primeira vez um mandato, vou me empenhar todos os dias tentando inovar, criar, conversando com a sociedade, porque somos cidadãos comuns ocupando um cargo e devemos pensar dessa forma”, disse Mourão, ressaltando que suas prioridades serão as áreas da educação, saúde e mobilidade urbana.

O prefeito eleito ressaltou a importância de se ter harmonia nos trabalhos entre os poderes Executivo, Legislativo, Poder Judiciário e Ministério Público. “Assumimos uma grande responsabilidade de vivermos em harmonia. Nosso papel será cumprir aquilo que pregamos nos 90 dias de campanha. Levamos mensagens à sociedade, discutimos propostas e ideias e acredito que temos que perseguir isso todos os dias. É nossa responsabilidade para que as pessoas da nossa cidade continuem a acreditar no processo democrático”.

O presidente da Câmara, Antonio Carlos Rezende (PSDB), vereador reeleito para o quinto mandato consecutivo, falou com propriedade sobre a importância do poder Legislativo para o bom andamento do Município. “É um grande orgulho e uma imensa responsabilidade receber este diploma pela quinta vez. Estou contente e confiante com os novos vereadores diplomados. Não me resta dúvidas de que os novatos desempenharão muito bem a função. A cada mandato a Câmara evolui e creio que o próximo não será diferente. A evolução será pelo bem de Praia Grande”, disse.

Prefeito e vereadores diplomados nesta sexta-feira (14). (Foto: Divulgação)

 

Câmara

Na próxima Legislatura, a Câmara será composta por 17 vereadores.  O número de cadeiras foi acrescido de 13 para 17 em projeto aprovado no final de 2010. A Lei ainda prevê aumento gradativo no número de cadeiras, a cada legislatura, de duas em duas, até alcançar 21 vagas, o máximo previsto pela Constituição Federal, para cidades com número de habitantes entre 160 mil a 300 mil. Praia Grande possui cerca de 260 mil habitantes.

Pela primeira vez, duas mulheres serão vereadoras na mesma Legislatura. As eleitas Janaina Ballaris (PT) e Tati Toschi (PSD) entram para a história do Município, que desde 1969, teve apenas três representantes do sexo feminino: Layde Loria (PPB) que teve dois mandatos: de 1973 a 1976 e de 2001 a 2004; Isaura Campos Garcia (PDS), de 1983 a 1986; e Rosana Esteves (PT-PP), de 2005 a 2008.

Para Janaina Ballaris (PT), a presença feminina no legislativo praiagrandense destaca o Município na Região. “Em toda a Baixada Santista, teremos apenas três mulheres vereadoras. Destas, duas estão em Praia Grande”, frisou. Já Tati Toschi (PSD) disse que a representatividade pode ser ainda maior se houver união. “Esperamos que as mulheres do Município nos procurem para que possamos desenvolver também, além dos trabalhos gerais, projetos específicos para defender os interesses femininos”, comentou.

Outro fato inédito para a nova Legislatura se dá ao foto do prefeito eleito, Alberto Mourão, ter convocado três vereadores para compor secretarias em seu governo.  Katsu Yonamine (PSDB) será secretário de Serviços Urbanos; Hugulino Alves Ribeiro (PSB) de Esportes, e Betinho da Educação (PMDB), vai comandar a Secretaria de Administração. “Todos eles já tem ligação com as pastas para as quais foram designados. Katsu já atuou na Secretaria de Serviços Urbanos; Betinho já comandou o setor administrativo da Educação, que tem mais de 5 mil funcionários; e o Hugo tem forte ligação com o Esporte”, disse Mourão.

Com o licenciamento de três parlamentares eleitos pela coligação PSDB/PMDB/PSB/DEM/PRB/PMN, serão convocados os suplentes Francisco Rodrigues Bonito Neto (PMDB), o Chiquinho do Caiçara, que recebeu 2.793 votos; Paulo Emílio de Oliveira (PRB), com 2.750 votos; e Eduardo Xavier (PMDB), que contabilizou 2.688 votos.

De acordo com a Lei Orgânica Municipal, após a nomeação oficial dos secretários, que deve ocorrer após a solenidade de posse no dia 1º de janeiro, os suplentes serão convocados pelo presidente da Câmara e devem ser empossados dentro do prazo de 15 dias.