Policiamento Ambiental Marítimo flagra pesca irregular e apreende uma tonelada de camarão

Flagrante ocorreu durante patrulhamento embarcado pelo município de Guarujá

Comentar
Compartilhar
12 JUN 2019Por Da Reportagem10h36
Todo o pescado apreendido foi doado a diversas instituições carentes da regiãoFoto: Divulgação/CiaMar

Uma embarcação pesqueira realizando a prática de arrasto de camarão, sem as devidas documentações, foi surpreendida, na noite desta terça-feira (11), por Policiais Militares da Companhia de Policiamento Ambiental Marítimo (CIAMAR), do 3° Batalhão de Polícia Ambiental do Estado de São Paulo, durante patrulhamento marítimo pelo município de Guarujá e cidades vizinhas.

Durante a vistoria, o mestre da embarcação não apresentou a licença para pesca do camarão sete barbas, e um segundo tripulante não portava sua carteira de pescador.

O flagrante, que ocorreu no interior da Área de Proteção Ambiental Marinha Litoral Centro, setor Guaibê,  iniciou às 22h e perdurou até as 6h da manhã de hoje, resultando na apreensão da embarcação, quatro portas (petrecho utilizado na pesca), duas redes de arrasto, e todo o pescado a bordo.

Foram elaborados dois Autos de Infração Ambiental por "Pescar sem autorização do órgão ambiental competente", com base no art. 38 da resolução SMA 48/14, totalizando R$ 82.800,00 em multas.

Na ocasião, todo o pescado apreendido, sendo uma tonelada de camarão Sete Barbas, foi doado a diversas instituições carentes da região.

Colunas

Contraponto