PGR denuncia Aécio por corrupção passiva e obstrução de Justiça

Rodrigo Janot entrega ao Supremo Tribunal Federal acusação formal contra o senador afastado do PSDB

Comentar
Compartilhar
02 JUN 2017Por Folhapress18h06
O tucano é acusado de corrupção passiva pelo suposto recebimento de R$ 2 milhões em propina da JBSO tucano é acusado de corrupção passiva pelo suposto recebimento de R$ 2 milhões em propina da JBSFoto: Agência Brasil

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ofereceu nesta sexta-feira, 2, denúncia contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) no Supremo Tribunal Federal (STF) com base na delação dos empresários do Grupo J&F.

O tucano é acusado de corrupção passiva pelo suposto recebimento de R$ 2 milhões em propina da JBS e por obstrução de Justiça por tentar impedir os avanços da Operação Lava Jato. Janot também pediu a abertura de um novo inquérito para investigar o crime de lavagem de dinheiro.