PF apreende mais de R$ 800 mil em apartamento de ex-conselheiro do Carf

As buscas fazem parte da Operação Zelotes, que investiga crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, advocacia administrativa, tráfico de influência e associação criminosa

Comentar
Compartilhar
26 MAR 201516h36

A Polícia Federal faz desde o início desta nesta quinta-feira, 26, buscas na residência do ex-vice-presidente da 3ª Seção do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) Leonardo Siafe Manzan. Segundo fontes envolvidas na ação, foi apreendida quantia superior a R$ 800 mil no apartamento do investigado - um duplex de alto padrão, na Asa Sul de Brasília. Até o início da tarde, os policiais ainda concluíam o auto de apreensão, com o balanço de tudo o que foi recolhido.

As buscas fazem parte da Operação Zelotes, que investiga crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, advocacia administrativa, tráfico de influência e associação criminosa no Carf, que é uma espécie de tribunal da Receita Federal. Investigadores acreditam que os desvios no conselho podem superar os valores da lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato, estimados em R$ 10 bilhões.

A reportagem telefonou para a casa de Manzan, mas a informação da atendente, que não se identificou, foi de que ele não estava disponível para falar a respeito da operação.