Patriota faz 1ª visita à Venezuela desde internação de Chávez

O ministro das Relações Exteriores estará em Caracas, capital venezuelana, no próximo dia 9.

Comentar
Compartilhar
06 FEV 201312h15

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, estará em Caracas, capital venezuelana, no próximo dia 9. É a primeira visita de Patriota ao país desde que o presidente venezuelano, Hugo Chávez, iniciou tratamento para o combate ao câncer em Cuba. Da Venezuela, o chanceler deve seguir para os Estados Unidos onde participará de reuniões com autoridades e palestras na Harvard Kennedy School of Government.

Na Venezuela, o chanceler brasileiro tem reuniões com o presidente em exercício do país, Nicolás Maduro, e o ministro das Relações Exteriores, Elias Jaua. O novo ministro da Venezuela foi nomeado logo após a designação de Maduro como vice-presidente da República. Até então Maduro era o chanceler do país, função exercida durante seis anos.

Os detalhes da agenda de Patriota à Venezuela ainda estão sendo fechados. Desde a internação de Chávez, em dezembro, o governo do Brasil acompanha o cenário político na Venezuela. Segundo autoridades brasileiras, há confiança no respeito às instituições e à democracia no país.

Depois de ir à Venezuela, Patriota ficará até o dia 12 nos Estados Unidos. No entanto, as atividades no país ainda estão sendo definidas. Além de reuniões com autoridades norte-americanas, o chanceler deverá dar palestras na Harvard Kennedy School of Government, em Cambridge, no estado de Massachusetts.

Antonio Patriota, estará em Caracas, capital venezuelana, no próximo dia 9 (Foto: ABr)