'Não vou estar com o Aécio', diz Geraldo Alckmin

Alckmin disse que seu grupo político no PSDB foi voto vencido ao tentar impedir que o mandato de Aécio como presidente do partido fosse prorrogado

Comentar
Compartilhar
04 SET 2018Por Folhapress16h17
Alckmin disse que seu grupo político no PSDB foi voto vencido ao tentar impedir que o mandato de Aécio como presidente do partido fosse prorrogado e que era óbvio que se dependesse do senador ele ainda presidiria a siglaAlckmin disse que seu grupo político no PSDB foi voto vencido ao tentar impedir que o mandato de Aécio como presidente do partido fosse prorrogado e que era óbvio que se dependesse do senador ele ainda presidiria a siglaFoto: Divulgação

O candidato à Presidência do PSDB, Geraldo Alckmin, afirmou em entrevista à Rádio CBN nesta terça-feira (4) que não fará campanha junto ao senador Aécio Neves, candidato a deputado federal por Minas Gerias.

"Não vou estar com o Aécio", disse Alckmin. Ao ser questionado novamente se fará campanha pelo tucano, o ex-governador rebateu: "Não vou".

Alckmin disse que seu grupo político no PSDB foi voto vencido ao tentar impedir que o mandato de Aécio como presidente do partido fosse prorrogado e que era óbvio que se dependesse do senador ele ainda presidiria a sigla.