X
Política

Moro desafia Lula para debate 'a qualquer hora, sobre mensalão e petrolão'

Moro fez o desafio ao petista em publicação nesta sexta-feira, 14, em suas mídias sociais

Recém-filiado ao Podemos, Moro foi o convidado a um programa da TV Globo, onde afirmou estar preparado para à Presidência da República em 2022 / Reprodução

Estreante numa campanha eleitoral, o pré-candidato à Presidência pelo Podemos, Sérgio Moro, se tornou alvo de desafios para debates cara a cara. E tem feito o mesmo com os rivais. O ex-juiz da Lava Jato foi provocado a debater a reforma do Judiciário pelos integrantes do grupo de advogados Prerrogativas e reagiu chamando para um confronto direto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva "a qualquer hora, sobre mensalão e petrolão".

Moro fez o desafio ao petista em publicação nesta sexta-feira, 14, em suas mídias sociais.

O desentendimento entre Moro e o Prerrogativas, autodenominado grupo de advogados "progressistas" e "antilavajatistas", esquentou após o advogado Marco Aurélio de Carvalho, coordenador do grupo, declarar que o plano do candidato do Podemos de fazer mudanças no Judiciário causa "espanto". Moro chamou o coletivo de "clube dos advogados pela impunidade" e de "advogados corruptos".

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.


Após esse comentário de Moro, integrantes do grupo mantiveram o desafio por meio de novas publicações em rede social, e o ex-juiz recusou, devolvendo o convite para debater com Lula.

O grupo Prerrogativas foi responsável por organizar um jantar em dezembro de 2021, no qual o ex-presidente Lula e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin se encontraram pela primeira vez em público após a revelação de uma possível chapa com o ex-tucano. Após deixar o PSDB, Alckmin negocia sua filiação principalmente com o PSB e o Solidariedade.

Após lançar pré-candidatura pelo Podemos, Moro tem trocado farpas com o também pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) Em dezembro de 2021, durante entrevista ao canal MyNews, Moro disse que não participaria de debates com Ciro sem que o adversário mudasse sua "postura ofensiva e agressiva". Em live no canal do YouTube, Ciro respondeu o comentário: "Ele não quer debater comigo porque eu vou dizer que ele é um corrupto", disse

As cutucadas sobre o tema se estendem. O presidente Jair Bolsonaro (PL), que participou apenas de dois debates nas eleições de 2018, disse a apoiadores que Moro "não aguenta 10 segundos de debate". Em resposta, o ex-juiz disse que Bolsonaro está com medo de não conseguir se reeleger e, portanto, fica "desviando o foco das pessoas" com ofensas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

MERCADO DO FUTEBOL

Agora é oficial: Yuri Alberto é jogador do Corinthians

O jogador foi emprestado pelo período de um ano; Mantuan e Ivan seguem para clube russo

Polícia

Vídeo: criminosos 'fazem a limpa' em joalheria e trocam tiros no shopping Aricanduva, em SP

Em minutos, os criminosos esvaziam as prateleiras, levando vários produtos

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software