Moradores da ZNO dão exemplo de cidadania no primeiro 'Viva o Bairro'

Um leque de reivindicações foi explanado pelos presidentes das sociedades de melhoramentos dos bairros e por vários moradores

Comentar
Compartilhar
10 MAR 201318h54

Em demonstração de cidadania e compromisso entre poder público e sociedade civil, o primeiro encontro do programa 'Viva o Bairro' foi marcado pela intensa participação de moradores do Piratininga, Alemoa e São Manoel, na manhã deste sábado (9), na escola municipal José Carlos de Azevedo Júnior (rua Nicolau Moran, 21). A audiência comunitária teve presença do prefeito Paulo Alexandre Barbosa e reuniu a equipe de governo em um diálogo transparente com a população.

Um leque de reivindicações foi explanado pelos presidentes das sociedades de melhoramentos dos bairros e por vários moradores. Poda de árvores, limpeza de bocas de lobo, drenagem, regularização fundiária, construção de creche e reforma de escola estavam entre as solicitações. "Foi um encontro de grande mobilização da comunidade em plenária lotada. Tivemos a oportunidade de ouvir sugestões e anseios. Nossa intenção é levar o governo para perto das pessoas, num trabalho olho no olho, conhecendo as realidades para que possamos construir uma cidade melhor", afirmou o prefeito.

Um mutirão de melhorias emergenciais será iniciado segunda-feira (11), começando pelo Piratininga, e incluirá recapeamento, pintura de equipamentos e vias públicas, limpeza urbana e podas de árvore, entre outros. A última e terceira fase nesses bairros será em 13 de abril, quando o prefeito prestará contas do que foi feito e anunciará plano de ação e investimentos. Na data acontecerá o evento 'Cidade Cidadã', com atividades culturais, de lazer, serviços de saúde e expedição de documentos, promovido pela Secretaria de Defesa da Cidadania.

Os bairros de toda a cidade foram divididos em cinco grupos, além da área continental. Cada um passará por três fases de trabalho, sob coordenação da Ouvidoria. Serão pelo menos 40 encontros semanais, sendo o próximo dia 16, contemplando Macuco, Encruzilhada e Estuário.

'Viva o Bairro' foi marcado pela intensa participação dos moradores do Piratininga, Alemoa e São Manoel, na manhã deste sábado (9) (Foto: Divulgação/ Prefeitura Municipal de Santos)

Com a palavra, os moradores

Representando a comunidade, os presidentes das sociedades de melhoramentos do Piratininga, Francisco do Nascimento; da Alemoa, José Inácio Leite; do São Manoel, Edmilson de Almeida Duarte; e do Caminho da União, João Manoel, falaram da iniciativa e do cuidado com os bairros. "O poder público, tendo conhecimento dos problemas, fica mais fácil resolver, e nós ficamos tranquilos e confiantes", disse Nascimento.

Moradora do São Manoel há 38 anos, Maria Amélia Cipriano foi outra que se manifestou. “Peço melhorias para o bairro todo, não só para mim”. Quem também usou o microfone foi o estudante Gabriel Borges, 12 anos. Ele queria saber se as oficinas de mangá e pirogravura realizadas na escola terão continuidade. Na ocasião, as demandas de solicitações foram respondidas pela equipe de governo.

Visita

Após a audiência, o prefeito Paulo Alexandre visitou as obras da Sociedade de Melhoramentos do São Manoel. No local, são realizadas atividades do Escola Total, da prefeitura, em espaço que também passará por reforma. Com sua equipe, o chefe do executivo ainda inspecionou o canal do Rio São Jorge, na Rua João Carlos da Silva, que receberá serviços de dragagem.