Monti fará discurso para dizer se disputará eleições, diz ministro

A informação é do ministro da Cooperação, Andrea Riccardi, que não revelou quando o discurso será feito.

Comentar
Compartilhar
17 DEZ 201200h36

O primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, fará um discurso à nação para dizer se pretende disputar a eleição parlamentar prevista para fevereiro. A informação é do ministro da Cooperação, Andrea Riccardi, que não revelou quando o discurso será feito.

"Acredito que Monti continuará a ser um ponto de referência moral e político para uma grande união de homens e mulheres que querem mudar a Itália. Sei que Monti vai falar ao país e vai apresentar seus argumentos, Monti não está decidindo com base em pressões", afirmou o ministro.

Monti já anunciou que pretende renunciar ao cargo assim que o Parlamento italiano aprovar o Orçamento, o que deve acontecer nesta semana. Neste domingo, depois de reunir-se com o presidente Giorgio Napolitano, o primeiro-ministro se recusou a falar sobre a próxima eleição. Aos jornalistas, ele só disse "feliz Natal".

O único candidato declarado para formar um novo governo após a eleição é Luigi Bersani, do Partido Democrático, de centro-esquerda. O ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, de centro-direita, retirou seu apoio a Mario Monti no começo deste mês, sinalizou que seria candidato e depois disse que retiraria sua candidatura se Monti concorresse, para manter a esquerda afastada do poder.

Berlusconi reiterou essa posição neste domingo, em entrevista na qual anunciou que está noivo de uma mulher 49 anos mais jovem do que ele. Falando a um dos canais de televisão de sua propriedade, o ex-primeiro-ministro, de 76 anos, disse que "ela tem 27 anos, se chama Francesca e é uma moça bonita do lado de fora, mas ainda mais bonita por dentro".

Em outubro, Berlusconi depôs no processo em que é acusado a pagar por serviços sexuais a uma menor de idade, a dançarina exótica Karima el Mahroug, numa das festas que ele promovia e que eram chamadas de Bunga Bunga.

Mario Monti fará um discurso à nação para dizer se pretende disputar a eleição parlamentar (Foto: Divulgação)