X
ELEIÇÕES 2022

Militantes fazem pressão para Márcio França não desistir do Governo de SP

A reportagem teve acesso a um grupo de admiradores e de políticos da legenda pelo WhatsApp, em que muitos se mostraram descontentes com a possibilidade

Márcio França, em entrevista à Gazeta e ao Diário do Litoral / Ettore Chiereguini/Gazeta de S. Paulo

Parte significativa da militância do PSB paulista se mostra descontente com a possibilidade de Márcio França desistir de concorrer ao Governo de São Paulo para buscar uma vaga ao Senado, caminho que vem ganhando força nas últimas semanas. A reportagem da Gazeta teve acesso a um grupo de admiradores e de políticos da legenda pelo WhatsApp, em que quase ninguém se mostrou favorável ao ex-governador tentar se eleger ao Senado Federal.

Um apoiador sugeriu que o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que lidera as pesquisas eleitorais, abra mão da candidatura em favor de França, e não o contrário. 

“A questão é inverter a lógica! Haddad senador, Márcio governador e o vice do PSD do Kassab. Aí não teria para ninguém. Fora esse cenário, é ter Tarcísio próximo governador de SP”, escreveu ele, sugerindo que Tarcísio de Freitas (Republicanos), pré-candidato ao governo paulista apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), seria o vencedor sem França na disputa.

“Se ficar Rodrigo Garcia x Haddad (e não duvido), Haddad será derrotado. Muita pretensão do PT querer o Brasil e São Paulo”, escreveu outro.

“O Alckmin precisa enfrentar Lula/Haddad e dar essa chance para o Márcio França, com PT apoiando Márcio França", completou, pedindo que o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), vice da chapa do presidenciável Luiz Inácio Lula da Silva (PT), use sua influência em favor do ex-prefeito de São Vicente.

Outro correligionário contrário ao ex-governador abrir mão da candidatura escreveu, visivelmente aborrecido: “Esse assunto me causa angústia. Ainda que haja acordos a serem concluídos entre PT e PSB, aos quais nós eleitores do MF estamos alheios, não sendo levados em conta, estamos todos sendo subestimados. Isso é um insulto".

Márcio França já garantiu algumas vezes, inclusive em entrevista à Gazeta em fevereiro deste ano, que concorreria ao Governo de São Paulo. A situação, porém, parece estar mudando.

De acordo com apuração da Gazeta e de outras publicações, França pode anunciar a desistência do Governo de São Paulo nos próximos dias para lançar sua pré-candidatura ao Senado. Uma das razões é a desistência do apresentador José Luiz Datena em disputar o pleito. Datena era o líder de todas as pesquisas. Com isso, acredita França, suas chances de chegar ao Senado Federal se tornam concretas.

Leia mais em: https://www.gazetasp.com.br/colunista/bruno-hoffmann/militantes-lamentam-possibilidade-de-marcio-franca-desistir-do-governo/1111920/

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ECONOMIA

Entenda oportunidades da renda fixa com a mudança na curva de juros

Se para quem pretende tomar crédito a notícia da queda soa animadora, a mudança de tendência exige mais cuidado do investidor em renda fixa na escolha da aplicação

CRIME NO TRIBUNAL

'Estava pelado e se masturbando', veja denúncias de assédio contra juiz de SP

Dez mulheres afirmam ter sido assediadas por Marcos Scalercio entre 2014 e 2020

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software