Maria Lúcia Prandi deve assumir vaga na Câmara Federal

Atualmente, os três representantes da região na Câmara Federal são Beto Mansur (PRB), Márcio França (PSB) e Protógenes Queiroz (PC do B)

Comentar
Compartilhar
28 MAR 201419h25

A Baixada Santista deve contar, na próxima semana, com quatro representantes na Câmara Federal: a ex-deputada estadual e presidente do PT santista, Maria Lúcia Prandi. Ela deve ser convocada pelo órgão porque o deputado federal Ricardo Berzoini (PT) foi anunciado ontem pela presidente Dilma Rousseff (PT) como novo ministro da Secretaria das Relações Institucionais da Presidência da República.

Atualmente, os três representantes da região na Câmara Federal são Beto Mansur (PRB), Márcio França (PSB) e Protógenes Queiroz (PC do B).

Prandi foi convidada para a posse de Berzoini, na próxima terça-feira, e, por cautela, optou por não falar de seus planos na Câmara. “Estou muito contente pela expectativa de poder representar a região”.

A presidente do PT santista, Maria Lúcia Prandi, deve assumir vaga na Câmara Federal (Foto: Divulgação)

Professora de formação, Prandi foi secretária de Educação de Santos (no Governo Telma de Souza, PT) e a primeira (e até agora única) mulher a presidir a Câmara de Santos, no biênio 1993/1994. Sua gestão foi marcada pela extinção de cargos fantasmas na Casa.

Na Assembleia Legislativa, Maria Lúcia Prandi acumulou quatro mandatos, chegando a ocupar a 3ª-secretaria e presidir a Comissão de Educação da Casa. Na eleição de 2010, Prandi obteve 56.108 votos, ficando na condição de suplente do PT.