Manifestantes voltam às ruas em Caracas em apoio a Chávez

O comando do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) informou que o objetivo é comemorar a democracia e prestar apoio a Chávez.

Comentar
Compartilhar
23 JAN 201314h55

Os simpatizantes e correligionários do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, organizaram para hoje (23) uma manifestação em Caracas. O comando do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) informou que o objetivo é comemorar a democracia e prestar apoio a Chávez. O presidente venezuelano está internado há mais de um mês em Cuba, para tratamento de combate ao câncer, e desde então não é visto em público. A ausência física dele causa incertezas à política venezuelana.

Organizações não governamentais (ONGs), entidades de classe, correligionários e demais integrantes do Grande Polo Patriótico, de apoio a Chávez, querem que o movimento dure todo o dia. As manifestações devem ocorrer em três áreas distintas da capital venezuelana, Caracas.

Segundo o coordenador nacional da Mobilização PSUV, Dario Vivas, o objetivo é lembrar a data - 23 de janeiro de 1958 – quando houve uma revolta civil-militar que derrubou o regime de Marcos Pérez Jiménez.

"É uma data que pertence ao povo venezuelano na sua busca pela tranquilidade, paz, democracia e por mais participação contra a exclusão e com exigências de melhor distribuição da riqueza", disse Vivas.

Manifestantes voltam às ruas da Venezuela para declarar seu apoio ao presidente Hugo Chávez, que está hospitalizado em Cuba. (Foto: Reuters)