Maia quer analisar PECs de prisão em segunda instância

manifestação foi dada nesta quarta-feira (4) em entrevista à rádio Tupi, do Rio de Janeiro

Comentar
Compartilhar
04 ABR 2018Por Folhapress12h37
Maia quer analisar PECs de prisão em segunda instânciaFoto: Agência Brasil

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu que a Casa comece a analisar duas propostas de emenda à Constituição (PEC) que tratam de prisão em segunda instância.

A manifestação foi dada nesta quarta-feira (4) em entrevista à rádio Tupi, do Rio de Janeiro.

Por causa da intervenção federal no Rio, PECs não podem ser votadas em plenário, mas Maia já decidiu que as propostas podem, sim, tramitar em comissões.

Por causa da janela de troca partidária, a maioria das comissões, no entanto, ainda não começaou a trabalhar.

Além disso, o ano legislativo é mais curto, já que em junho há Copa do Mundo e, depois, começa o calendário eleitoral, o que esvazia Brasília.