Lula diz ter vivido mensalão com 'angústia' e 'culpa', relata Mujica em livro

O ex-presidente du Uruguai narrou ainda aos autores que Lula contou ter precisado lidar com "coisas imorais, chantagens"

Comentar
Compartilhar
08 MAI 201516h40

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ter vivenciado o episódio do escândalo do mensalão com "angústia" e com "um pouco de culpa", segundo relato que teria sido feito pelo próprio petista ao ex-presidente do Uruguai José Mojica. A conversa foi narrada pelo uruguaio em um livro recém-lançado no país sobre seu mandato.

No livro-reportagem Una oveja negra al poder (Uma ovelha negra no poder, em tradução livre), escrito pelos jornalistas uruguaios Andrés Danza e Ernesto Tulbovitz, Mujica fala sobre o ex-presidente brasileiro, quem diz admirar e respeitar politicamente. O livro ainda não foi lançado no Brasil.

Mujica narrou ainda aos autores que Lula contou ter precisado lidar com "coisas imorais, chantagens". "Essa era a única forma de governar o Brasil", teria dito o brasileiro a Mujica. O diálogo, segundo o livro, foi presenciado também pelo então vice-presidente de Mujica, Danilo Astori, e ocorreu em 2010.

Procurado para comentar as falas de Mujica, o Instituto Lula não se manifestou até a tarde desta sexta-feira, 8.

Mujica relatou em livro que Lula diz ter vivido mensalão com 'angústia' e 'culpa' (Foto: Divulgação)