Lula diz que Lava Jato só aceita delação com mentiras

Procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato pressionam o grupo Andrade Gutierrez a delatar Fábio Luís Lula da Silva, filho mais velho do ex-presidente.

Comentar
Compartilhar
27 NOV 2017Por Folhapress13h01
Lula afirmou que a Lava Jato só aceita delação premiada de empresas se houver mentiras contra eleFoto: Agência Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em nota neste domingo (26) que a Lava Jato só aceita delação premiada de empresas se houver mentiras contra ele ou sua família.

A declaração foi divulgada após reportagem da Folha de S.paulo afirmar que procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba pressionam o grupo Andrade Gutierrez a delatar Fábio Luís Lula da Silva, filho mais velho do ex-presidente.

"Reportagem da Folha fornece novos elementos para demonstrar que os membros da Lava Jato criam versões para tentar prejudicar o ex-presidente Lula e seus familiares e condiciona acordos de delação premiada à confirmação das narrativas mentirosas", diz trecho da nota.

O grupo Andrade Gutierrez é um dos controladores da Oi, operadora de telefonia que investiu R$ 82 milhões na Gamecorp, empresa que tem Lulinha entre os seus sócios.

Investigadores querem saber por que a Oi colocou o montante na Gamecorp, depois rebatizada de PlayTV, numa época em que a operadora acumulava prejuízo.

Segundo a defesa de Lula, o fato já foi "exaustivamente investigado", sem terem sido "encontradas provas de qualquer ilegalidade" na relação entre as empresas Telemar (OI) e Gamecorp.